Município de Gouveia procedeu à limpeza dos fontanários e espaços de lazer na Serra da Estrela

A Câmara Municipal de Gouveia anunciou hoje que procedeu à limpeza dos fontanários e dos espaços de lazer que se encontram ao longo da Estrada Nacional (EN) 232, na Serra da Estrela, incluindo a nascente do rio Mondego. A autarquia liderada por Luís Tadeu explica que os seus técnicos realizaram acções em áreas que deveriam ser suportadas pela Infra-estruturas de Portugal.

“Houve intervenção nas fontes do Lagarto, das Costeiras e do Tio Filipe, apesar da sua manutenção e limpeza não ser da responsabilidade da Câmara Municipal de Gouveia, já que a entidade que tem responsabilidade de manutenção destes espaços é a Infra-estruturas de Portugal”, refere em comunicado. “No entanto, trata-se de áreas de lazer e de espaços naturais que contribuem fortemente para a atractividade turística da Serra da Estrela, do concelho e do município”, explica.

Além das intervenções realizadas nas fontes existentes ao longo da EN 232, a Câmara Municipal de Gouveia, no distrito da Guarda, também realizou trabalhos de limpeza no fontanário do Mondeguinho, o local onde nasce o rio Mondego, e na sua área envolvente. A intervenção realizada naquele local incluiu o fornecimento e a aplicação das pedras em falta nas mesas e nos bancos, o corte de uma árvore seca, afectada pelo incêndio de 15 de Outubro de 2017, que será substituída em breve por outra mesma espécie, o calcetamento do círculo da mesma árvore e a limpeza e o arranjo da encosta, segundo a nota.

A autarquia, na EN 232, podou árvores, procedeu ao desassoreamento e à desobstrução das bacias, ao desentupimento dos escoamentos e à limpeza de grelhas, à remoção de lixo, lamas e cinzas e à lavagem à pressão das paredes e do chão dos equipamentos.