Município de Oliveira do Hospital vai à BTL promover a “maior” Feira do Queijo Serra da Estrela

O concelho de Oliveira do Hospital vai estar representado na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) que se realiza entre 23 e 27 de fevereiro, no Parque das Nações, em Lisboa.

Presente no stand da Beira Serra, ao lado da ADIBER e dos concelhos de Arganil, Góis e Tábua, o município de Oliveira do Hospital pretende divulgar a oferta turística do concelho e, sobretudo, promover a 20ª Feira do Queijo Serra da Estrela que se vai realizar nos dias 19 e 20 de março, em Oliveira do Hospital.

O grande dia para o concelho de Oliveira do Hospital vai acontecer a 27 de Fevereiro – dia da Beira Serra – altura em que o município dá o tudo por tudo para atrair “novos públicos e um maior número de visitantes à Feira do Queijo”.

“Queremos fazer a maior Feira do Queijo de sempre, quer em número de expositores, quer de público visitante”, adiantou o vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital ao correiodabeiraserra.com, contando que para o efeito estão a ser estabelecidos contactos com vários operadores turísticos da zona da Grande Lisboa, no sentido de organizarem visitas ao concelho, no período em que decorre o certame.

De acordo com José Francisco Rolo, o que se pretende é “dar a conhecer a oferta turística do concelho e possibilitar a degustação de produtos de excelência”.

Decidido em transformar a Feira do Queijo de Oliveira do Hospital na “maior do país”, o município oliveirense está – de acordo com o vice-presidente – a “usar todos os mecanismos e canais para promover o concelho de Oliveira do Hospital”.

“A Feira do Queijo vai crescer e ter mais impacto na região e no país”

Porque se avizinha uma “edição histórica”, a 20ª Feira do Queijo Serra da Estrela surge com algumas novidades no seu formato.

Com uma duração de dois dias – 19 e 20 de março – o certame deixa o mercado municipal, localizado no centro da cidade, para se alojar no recinto da feira.

Adaptado para o efeito, o espaço vai acolher a feira com a particularidade de os expositores se encontrarem agrupados, em tendas, de acordo com os produtos que comercializam.

No mesmo local, vai ainda decorrer o programa de animação cultural.

“Vai crescer e ter mais impacto na região e no país”, garante José Francisco Rolo, assegurando que no novo espaço, a Feira “vai ser mais dinâmica e enriquecida”.

Para além da promoção do Queijo Serra da Estrela, o certame pretende também valorizar outros produtos regionais como o mel, a doçaria e o vinho do Dão. “Vamos ter um conjunto de iniciativas para promover esses produtos que funcionam todos em cadeia”, observou o vice-presidente da autarquia.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …