Município de Tábua promove exposição de objectos visuais na Biblioteca João Brandão

Município de Tábua promove exposição de objectos visuais na Biblioteca João Brandão

A Biblioteca Municipal João Brandão (Tábua) acolhe, desde sábado e durante todo o mês de Novembro, uma exposição de objectos visuais, designada “Outono 4 Estações”, de Fátima Pais e Joana Moura. Esta exposição conta como peças principais os “caçadores de sonhos” (dreamcatchers), representando as quatro estações do ano. Município de Tábua promove exposição de objectos visuais na Biblioteca João Brandão

O conceito surge a partir da forma e da função dos Apanhadores de sonhos da cultura indígena da América do Norte, traduzindo-os” para a cultura portuguesa, criando algo ao aproveitar pedaços de tecido, bordados, borlas ou franjas, reutilizando materiais, evocando o tradicional português.

Fátima Pais nasceu em Lisboa, mas sempre se considerou de Tábua (terra de seu pai), onde actualmente reside. Estudou Design de Equipamento e Interiores desde a escola António Arroio (Lisboa), Bacharel pelo IADE- Escola Superior de Design, Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing, de Lisboa e Licenciada pela ARCA-EUAC, Escola Universitária das Artes de Coimbra, onde recebeu em grupo uma menção honrosa com o projecto “HandyCap”, Prémio “Engenheiro Jaime Filipe”, 2002.
Trabalhou em Publicidade, Decoração, Design de Equipamento, foi professora de Educação Visual e Teoria do Design, actualmente é Designer na Biblioteca Pública Municipal João Brandão, em Tábua.
Joana Moura, por seu lado, estudou Ourivesaria e Metais de Arte, na Escola Artística António Arroio, em Lisboa. Teve um percurso profissional na área da produção fotográfica. De volta às raízes familiares, conheceu Fátima Pais e a sinergia começou a fluir.

LEIA TAMBÉM

Moléculas da cerveja desvendadas na Universidade de Aveiro

Fragrâncias frutadas, vegetais e aromas tostados ou a caramelo provenientes do lúpulo ou do malte. …

Constituídos dois arguidos por homicídio por negligência e ofensas corporais nos incêndios de Pedrogão Grande

O Departamento de Investigação e Acção Penal constituiu como arguidos o comandante dos bombeiros de Pedrógão …