“Município perto de si” atenua efeitos da extinção de freguesias em Oliveira do Hospital (Com vídeo)

A localidade da Lajeosa dispõe, desde a tarde de hoje, do primeiro balcão “Município Perto de Si”. O projeto piloto foi lançado pela Câmara de Oliveira do Hospital com o objetivo de “ajudar a resolver os problemas às pessoas” e vai, numa primeira fase, ser implementando nas localidades afetadas pela extinção de freguesias.

Primeiro na Lajeosa e progressivamente em Lagos da Beira, Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira, Penalva de Alva, S. Sebastião da Feira e Santo António do Alva, Santa Ovaia, Vila Pouca e S. Paio de Gramaços. Assim acontecerá no decorrer do próximo ano com o pontapé de saída a ser dado esta tarde na localidade da Lajeosa. Em causa está o projeto “Município Perto de Si” que vinha sendo anunciado pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital depois de consumada a extinção de cinco das 21 freguesias do concelho, mas que hoje foi oficialmente apresentado, encontrando-se já de portas abertas o primeiro balcão “Município Perto de Si”.


“Se dizemos que a nossa política está centrada nas pessoas, não podemos deixar estas populações sem nada”, afirmou esta tarde o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que voltando a dar conta da sua insatisfação relativamente à extinção das freguesias – “uma medida completamente absurda e que não veio resolver os problemas financeiros do país”, referiu – encara o projeto Município Perto de Si como uma forma de a Câmara não deixar as populações, sobretudo as pessoas idosas, ao abandono, dando uma ajuda na resolução dos seus problemas.

“Aquilo que aconteceu à freguesia da Lajeosa não deveria ter acontecido e estamos a tentar atenuar os efeitos da extinção”, explicou José Carlos Alexandrino, certo de que o projeto “Município Perto de Si” revela “mais um passo importante de a Câmara revolucionar o modelo de atendimento aos munícipes”. “Queremos que as populações, seja qual for o assunto, não tenham que se deslocar à Câmara Municipal”, continuou o autarca, informando que o apoio prestado pelo balcão “Município perto de si” não se esgota nos serviços municipais, podendo qualquer pessoa ali acorrer para tratar de assuntos relacionados com administração central, como sendo o preenchimento dos modelos de IRS, elaboração de uma carta para a Segurança Social ou o contacto com o hospital por motivo de atraso de uma consulta ou qualquer outro assunto.

O que se pretende é que o balcão seja “um ponto de apoio às populações”, esperando o município que as pessoas ali acorram para assim justificar a continuidade do projeto – vai estar em fase experimental por um ano – e que encaixa “na filosofoia da Câmara de aproximar o poder dos problemas que afetam as pessoas”. “Comigo seja a Lajeosa ou outra localidade, não vos abandonarei e estarei com as pessoas que precisam”, assegurou ainda o presidente da autarquia oliveirense.

Ao mesmo tempo que aproxima os serviços municipais das pessoas e facilita a resolução dos seus problemas, a Câmara também espera atenuar o desemprego jovem, já que à frente de cada balcão vai estar um jovem estagiário com formação adequada para o atendimento aos munícipes nas várias áreas.

Alexandrino integra o novo projeto – “piloto e pioneiro”, referiu – na aposta que vem sendo seguida pela Câmara de “revolucionar” o atendimento aos munícipes. “A Câmara está muito mais moderna”, registou, informando da aprovação a uma candidatura no valor de cerca de 420 mil Euros, que vai possibilitar aos munícipes aceder aos serviços da Câmara através das tecnologias de informação e comunicação e, ao mesmo tempo, reduzir o envio das faturas de água através de correio, recorrendo para isso ao envio via e-mail.

A abertura do balcão “Município Perto de Si” na Lajeosa não poderia deixar mais satisfeitos os eleitos da União de Freguesias de Lagos da Beira e Lajeosa. “É uma maior valia para os lajeosenses”, referiu o ex autarca da Lajeosa e eleito no atual executivo por aquela localidade, Paulo Sérgio, considerando “muito importante ter um ponto destes na freguesia para ajudar os idosos e todas as pessoas”. Um sentimento também partilhado pelo presidente daquela União de Freguesias, José António Guilherme, que se regozijou pelo apoio que o balcão vem dar aos idosos. “E temos que os ajudar sempre que necessitarem”, referiu.

Na Lajeosa, o Balcão “Município Perto de Si” vai funcionar de segunda a sexta feira, no edifício da extinta Junta de Freguesia.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …

  • MMorgado

    Parece-me uma boa ideia, vamos esperar para ver se dá algum
    resultado.