Natalidade subiu em Portugal pelo terceiro ano consecutivo

A natalidade em Portugal voltou a subir em Portugal. Nasceram em Portugal, pelo menos, 87.577 bebés, mais 2.521 bebés que no ano anterior. Estes dados foram recolhidos a partir do número de ‘testes do pezinho’ realizados ao longo de 2016, um exame que não é obrigatório.

Este é o nome como é conhecido o Programa Nacional de Diagnóstico Precoce, coordenado pelo Instituto Ricardo Jorge. O teste é realizado a partir do terceiro dia de vida do recém-nascido. São recolhidas algumas gotículas de sangue no pé da criança e é através dessas que se diagnosticam doenças graves e difíceis de diagnosticar nas primeiras semanas de vida.

Com base neste teste, que cobre quase 100 por cento do território português, é possível perceber que, em relação ao ano anterior, houve um crescimento de 3 por cento no número de nascimentos, tendo sido realizados 85.056 ‘testes do pezinho’. Em 2014, este exame foi feito a 83.100 bebés.

De acordo com os dados fornecidos pelo Instituto Ricardo Jorge, Lisboa foi o distrito onde foram realizados mais ‘testes do pezinho’ (25.304), seguido pelo Porto (16.176), Setúbal (6.590), Braga (6.538), Aveiro (4.416) e Faro (4.200). Já o distrito onde menos crianças realizaram este exame foi Portalegre (616).

LEIA TAMBÉM

Câmara da Guarda: Álvaro Amaro exige ser ouvido pelo Governo na estratégia nacional para o lítio

O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro (PSD), emitiu ontem um comunicado onde …

Limpeza das florestas: “Há décadas que há trabalho que devia ter sido feito e não foi”

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses esteve reunido na segunda-feira com o Presidente …