Nelas dá a provar vinho do Dão das décadas de 60 a 90

Nelas dá a provar vinho do Dão das décadas de 60 a 90

O Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão (CEVD), em Nelas, vai receber no dia 6 de Setembro um grupo de escanções, jornalistas e críticos, que vão poder provar vinhos velhos brancos e tintos, das décadas de 60 a 90.

“A ideia é alertar junto de quem sabe e trabalha neste sector sobre a potencialidade dos vinhos da região do Dão”, afirmou José Paulo da Silva Dias, Director Regional-Adjunto de Agricultura e Pescas do Centro.

Rodeado por campo de cultivo de vinha e de outros pequenos edifícios de apoio, o CEVD guarda vinhos do Dão velhos e raros, brancos e tintos, o que revelam que os vinhos portugueses, tal como os franceses, por exemplo, também se conseguem aguentar durante décadas.

“Já ninguém tem dúvidas do grande potencial de envelhecimento dos vinhos do Dão. Antigamente, só os próprios produtores do Dão se apercebiam desse facto, tanto ao nível dos tintos, como dos brancos. Na altura os brancos não estavam na moda, mas a verdade é que têm tanto potencial como os tintos, os vinhos que vamos apresentar são prova disso. O mais velho que vamos provar é de 1964, e é branco”, afirmou Jorge Brites, o técnico do CEVD, que vai conduzir a prova.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …