Polícia Judiciária deteve traficante estrangeiro de estupefacientes

Nelas: PJ deteve segundo foragido condenado por tráfico de pessoas

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um segundo foragido depois de ter sido condenado pelo Tribunal de Nelas a uma pena de prisão de sete anos por tráfico de pessoas. Esta é a segunda detenção efectuada pela PJ no âmbito deste processo, depois de na semana passada ter sido detido o elemento que liderava o grupo que se dedicava ao tráfico de pessoas para fins de exploração laboral.

O comunicado daquela polícia refere que o homem, de 44 anos, agora detido tinha sido condenado à pena única de sete anos de prisão pelo Tribunal Judicial de Nelas, na sequência de um processo investigado pela directoria de Coimbra. “Após a condenação, era desconhecido o seu paradeiro, circulando entre Portugal e Espanha, tendo agora sido localizado, detido e conduzido a estabelecimento prisional para cumprimento da pena que lhe foi aplicada”, revelou.

O primeiro foragido a ser detido pela PJ, um homem de 66 anos, tinha sido condenado pelo Tribunal de Nelas a uma pena de prisão de 16 anos por tráfico de pessoas. Foi uma das mais graves penas aplicadas no país pelo crime de tráfico de pessoas.

A PJ explica ainda em comunicado que este grupo se dedicou “ao tráfico de pessoas, entre Portugal e Espanha, para fins de exploração laboral”, entre os anos de 2007 e 2011. “No país vizinho, as vítimas desempenhavam tarefas agrícolas diversas e eram obrigadas a trabalhar em condições degradantes, desumanas, sem receber salário, sendo coagidas e ameaçadas quando manifestavam o desejo de regressar a casa”.

LEIA TAMBÉM

Homem dispara sobre ex-mulher em Nelas

Um homem, de 39 anos, terá disparado sobre a ex-mulher hoje de manhã sobre a …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

Polícia Judiciária deteve dois homens pelo crime de violação em Coimbra

A Polícia Judiciária deteve dois homens, ambos com 26 anos de idade, pela presumível autoria …