NERGA/AE reclama por Itinerários Complementares junto do ministro das Obras Públicas

Numa missiva onde enumera os prejuízos que o adiamento da concessão da Serra da Estrela acarreta para os municípios de Seia, Gouveia e Oliveira do Hospital, o NERGA/AE solicita ao ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações para que “cumpra com a palavra já dada pelo governo, em relação à construção destas vias, a fim de evitar o definhamento e morte desta região”.

“Não podemos ficar indiferentes a este recuo e, mais do que isso, não podemos ficar calados sabendo que pelo menos a ligação a Viseu (IC37) irá ser deixada para trás, facto que nos indigna sobremaneira”, alerta o presidente da direcção da delegação de Seia e Gouveia do NERGA/AE, advertindo que tal retrocesso destinará esta zona do país à desertificação, degradação social, pobreza, decadência económica, isolamento, declínio empresarial e ao envelhecimento populacional.

Sem nunca deixar de reconhecer “o elevado sentido de justiça social” por parte do ministro e a “boa-vontade do Governo em ajudar esta região”, António Braz Campos destacou a “preocupação e desencanto” da associação que dirige pelo facto de a “sub-região” em causa estar a assistir à falência e encerramento de várias empresas, “atirando para o desemprego milhares de trabalhadores”.

A “cada vez mais acentuada saída de quadros técnicos desta zona” e a existência de “uma unidade de saúde mais moderna, mas com acessos condicionados”, são outros dos aspectos mencionados na carta dirigida a António Mendonça, onde é igualmente destacada a “necessidade de cativar investimentos”.

“Para tal, é fundamental que as redes viárias sejam melhoradas e os acessos facilitados, sob pena de protagonizarem recuos irremediáveis”, adverte aquele dirigente, lembrando que tinha sido “com agrado”  que recebeu a garantia dada pelo anterior ministro das Obras Públicas de que “iriam prosseguir as obras”. “Agora, com grande indignação conhecemos o contrário”, remata António Braz Campos.

Consulte todo o conteúdo da missiva enviada ao ministro António Mendonça.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …