Nota de direção

Na sequência do sucedido na última Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, registou este diário digital uma intensa troca de comentários. Nada de anormal, tratando-se de um órgão de comunicação social que desde que marcou presença no espaço digital, em março de 2006, sempre possibilitou aos seus leitores o comentário e troca de opiniões.

O problema reside, porém, no facto de muito comentários continuarem a ser escritos a coberto do anonimato, com a agravante de invadirem a esfera pessoal dos visados e serem, grosso modo, insultuosos.

Em face disso, este diário digital viu-se forçado a moderar vários comentários e a proceder à retirada dos considerados mais ofensivos.

Pese embora o conturbado clima político que por esta altura paira sobre o concelho, a direção do correiodabeiraserra.com apela a uma maior contenção e ao sentido de responsabilidade e de respeito no momento de utilização do espaço destinado aos comentários, tendo em visto o salutar debate de ideias.

Liliana Lopes

LEIA TAMBÉM

GNR deteve alegados traficantes de droga nos acessos a uma “Rave” em Oliveira do Hospital

Pastor de 90 anos continua desaparecido em Seia

Um pastor de 90 anos que está desaparecido na pequena localidade de Valezim no concelho de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve em Coimbra suspeito de homicídio na forma tentada

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve, na segunda-feira, em Coimbra, um homem suspeito da …

  • Zé Lérias

    Fui censurado por esta publicação sobre o nome dos maçons que pululam na CMOH e AM. São muitos…e não sendo segredo convido-vos a procurarem na internet a Loja Fraternidade e Justiça (Coimbra). Há que acabar com a corrupção…