Nova feira mensal sem estacionamentos para tantos visitantes…

…que acabara de estrear o seu espaço no novo recinto da feira mensal de Oliveira do Hospital, visitado por milhares de pessoas. O caos instalou-se rapidamente na cidade e, nas imediações da nova feira, logo foi detectado um problema: as zonas de estacionamento – mesmo que provisórias –, não foram acauteladas e os automobilistas iam estacionando nos mais bizarros locais e em espaços privados.

No interior do recinto, onde muitos feirantes preferiram fixar os ferros que suportam as tendas com furos feitos à marreta no alcatrão, também se observavam vários comerciantes que aderiram ao sistema de argolas fixadas nos locais de venda.

Aparentemente – e depois dos protestos surgidos com o sorteio dos lugares –, tudo decorreu dentro da normalidade, sendo que a zona de “comes e bebes” era a que registava maior afluência de público.

Com preços e marcas para todos os gostos, nalgumas tendas era bem visível a olho nu a contrafacção. Camisas de várias cores, de lagarto ao peito e com a marca da “Lacoste”, por exemplo, não eram difíceis de encontrar.

LEIA TAMBÉM

Ana Abrunhosa entregou quatro habitações reconstruídas em Seia

A presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, entregou as chaves de quatro habitações (três na freguesia …

Dez detidos por tráfico de estupefacientes em Seia e Manteigas

O Comando Territorial da GNR da Guarda deteve dez pessoas, com idades entre 18 e …