Novas viaturas melhoram prontidão dos Bombeiros de Lagares da Beira

Há meio ano a tomar conta dos destinos da corporação da Lagares da Beira, a nova direção acaba de reforçar a prontidão dos bombeiros com duas novas viaturas de combate ao fogo. O apoio financeiro da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital de 50 mil Euros foi determinante.

A importação de duas viaturas de combate a incêndio urbano e florestal foi a solução encontrada pela direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira (AHBVLB) para suprir a carência sentida pela corporação no que respeita ao parque de viaturas de combate ao fogo.  A renovação do parque de viaturas, algumas com mais de 20 ano de serviço, há muito que se manifestava urgente no seio da corporação lagarense que, perante a não aprovação das candidaturas apresentadas aos fundos comunitários para a aquisição de duas viaturas novas, se viu forçada a importar dois carros usados que foram devidamente equipados e preparados para o combate ao fogo urbano e florestal. Um investimento de 65 mil euros, só possível com o apoio da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que subsidiou a corporação lagarense em 50 mil Euros destinados àquele propósito.

“Tem sido fundamental saber que temos sempre alguém a quem recorrer quando necessitamos de melhorar as condições de trabalho dos nossos bombeiros”, afirmou o presidente da direção da AHBVLB na cerimónia de entrega e benção de viaturas realizada no passado dia 10 de junho. António Gonçalves prestava assim reconhecimento público à disponibilidade que tem sido manifestada pela autarquia no sentido de prestar apoio a uma corporação que vive um dos piores momentos da sua história, decorrente da “situação financeira bastante difícil que herdou da anterior direção”. Em particular, o dirigente enalteceu o “apoio de proximidade e moral” que tem sido manifestado pelo presidente da Câmara, José Carlos Alexandrino, e que “desde a primeira hora se mostrou disponível para resolver compromissos financeiros da Associação , disponibilizando ajuda financeira extraordinária de 25 mil Euros”. “Em meu nome e dos meus colegas quero deixar o agradecimento”, afirmou António Gonçalves que, na ocasião, também fez agradecimento público ao presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, pela “ajuda extraordinária que tem dado à Associação”.

Em dia de festa para a AHBVLB que vê melhorada a capacidade de combater o fogo, o presidente da direção deu conta dos esforços assumidos pela direção que dirige com o objetivo de pôr cobro a uma “organização administrativa e financeira que era no mínimo caótica”. “Basta dizermos que no ano de 2012 não havia um documento contabilístico lançado”, exemplificou António Gonçalves, informando que a situação foi regularizada e, por isso, desmistificada a ideia deixada pela anterior direção da existência de um saldo positivo de mais de 50 mil Euros, provado que está um saldo negativo, “que se agrava com os incobráveis, de mais de 30 mil Euros”.

Contas difíceis de resolver numa altura em que a corporação se vê obrigada à necessária reparação de viaturas, é constantemente surpreendida com o aparecimento de novas situações da responsabilidade da anterior direção e também não vê facilitado o processo de remodelação do quartel. “Sobressaltos” que António Gonçalves não quer que dêem lugar à “desilusão “ de quem assumiu os destinos da AHBVLB. “Não deixem a desilusão matar o sonho, façam da desilusão o toque de rebate para a união, o grito de revolta para conquistarmos os objetivos a que nos propusemos”, aconselhou.

LEIA TAMBÉM

Raul Alarcon conquistou camisola amarela em Oliveira do Hospital e Marcelo Rebelo de Sousa concentrou atenções

O espanhol Raul Alarcon (W52-FC Porto) foi hoje a grande figura da Volta a Portugal …

Governo lança hoje financiamento de 36 milhões para recuperar floresta das áreas ardidas, sendo 4 milhões para o Pinhal Interior

O Governo lança hoje concursos faseados de apoio à floresta, por região do país, no …