Nuno Vilafanha inicia ciclo de “porta aberta” no PSD de Oliveira do Hospital

Nuno Vilafanha tomou posse, no último sábado, como presidente da CPS do PSD de Oliveira do Hospital. Vindo de um sufrágio participado por duas listas, o novo líder dos social democratas no concelho apelou à “união” e defendeu um partido de “porta aberta”.

“Pretendemos incluir todas as pessoas. Compromete- mo-nos a aceitá-las e integrá-las se assim quiserem”, afirmou anteontem o novo presidente da Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital no momento em que tomou posse e, manifestou assim a disponibilidade do partido para chamar a si todos os que se que se revêem no PSD. “Vamos estar sempre com as portas abertas e disponíveis para todos os militantes”, disse ainda Nuno Vilafanha, referindo em particular os elementos da lista contra a qual se candidatou à liderança da Comissão Política de Secção e cuja ausência foi visível no decorrer da sessão de tomada de posse.

A suceder a António Duarte na liderança da concelhia laranja, Nuno Vilafanha acredita estar a dar início a um “novo ciclo” no partido que gostaria que “ficasse marcado pela esperança”. “Temos um longo caminho a percorrer para emendar e recuperar o que foi feito. Reparar os estragos e construir um PSD mais forte, mas credível e ganhador”, afirmou.

À saída de um ato eleitoral autárquico que se revelou desastroso para o PSD concelhio, Nuno Vilafanha considera que agora “não há lugar para apontar quem é mais ou menos culpado”. “Para nós, o PSD são todos os militantes. Todos fazem parte da nossa equipa”, assegurou, clarificando que “o nosso adversário é o Partido Socialista”. “Para nós, os “eles” são os socialistas”, frisou.

Nuno Vilafanha falava assim numa sessão onde o seu antecessor no cargo lamentou o facto de Oliveira do Hospital não ter sabido “aproveitar a capacidade de Cristina Oliveira” e onde disse haver condições para o partido recuperar a Câmara Municipal. “Apesar de parecer que o PSD está derrotado, se calhar se houver bom senso, atitude de trabalho e dedicação quase exclusiva há todas as possibilidades de reverter a situação e de o PSD concretizar o seu objetivo”, referiu António Duarte, avisando que “isto é cíclico” e que “ninguém está no poder por muitos anos”. A favor do PSD, Duarte considera estar o facto de o PS conviver “mal” com a maioria absoluta e de se estarem a desenhar “picardias e desaguisados”. Porém, entende que o PSD não deve esperar que os socialistas se “degradem”. “ A vitória é conseguida com uma Comissão Política coesa”, registou António Duarte.

“Com esta equipa, esta mudança geracional, o PSD vai estar forte, unido e motivado e vai fazer um trabalho em prol de Oliveira do Hospital e dos seus habitantes”, afirmou também o secretário geral do PSD, José Matos Rosa.

LEIA TAMBÉM

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …

  • laranja mecanica

    Oh “Fanhita” eu até estava com alguma esperança em ti….mas parece que me enganei
    Então tu vais escolher um slogan: “Partido de porta aberta”, que o PS concelhio já usava em 2006?!?!
    Tu andas 8 anos atrasado pá! É isso que aprendes com o teu sogro? Valha-me Deus…

  • Ouvido na barbearia

    – Então o rapaz quer integrar os da lista opositora?
    – Parece que sim, no entanto, estou em crer que se desintegra antes de conseguir.
    – Então não estava lá ninguém da lista opositora?
    – Ninguém. Nem da lista opositora, nem os seus colegas da Assembleia Municipal.
    – Era capaz de ter mais gente se tivessem feito o evento num centro de inspecções do Ferta.

  • Por um PSD ganhador

    Nova comissão politica, para preparar um psd ganhador, nas próximas eleições contra esse mafioso do Alexandrino que tem mentalidade para governar sindicatos ele e a sua comandita do PS e o ideias do Francisco Rolo.

  • Só uma duvida

    O pessoal da lista dos alcoólicos anónimos também vai ser integrado? Ou os anónimos não estão contemplados?

  • SocialDemocrataantineo-liberal

    Vi na Centro TV a reportagem da Comissão Política do PSD de Oliveira do Hospital: OUTRORA um grande Partido. Hoje é uma comissão composta por miúdos, gente inexperiente, que não sabe nada da vida – NADA! Que não se relaciona com ninguém, e “grandes” empresários do concelho, gente de “gabarito e respeito” de quem os seus empregados só dizem “maravilhas”.
    Aos pontos a que chegaram. estamos bem entregues. Siga o carnaval.
    Já agora…ponham os olhos no PS…e aprendam alguma coisita.
    Com os melhores cumprimentos
    Social Democrata Anti Neo-Liberal

  • Dignidade

    A propósito do “mafioso do Alexandrino” e do “ideias do Francisco Rolo”, deixo-vos um AVISO: CUIDADO com o que escrevem porque não é só atirar umas bocas às pessoas. É também ter que responder por elas.
    E digo-te mais, até agora, como se vê pelos resultados, NÂO VALES NADA ! Respeita para seres respeitado.
    E já agora, vai a votos, dá a cara, mede o que vales, para puderes s tomar decisões como um HOMEM. Se confiarem em ti…

    E toma nota, num passado recente, por várias vezes, quer pessoas deste jornal, quer outros artistas do online, que agora têm responsabilidades, foram identificados.
    E até podem ir sentar o “cú no mocho”…
    E o “cú no mocho” vai ser o caminho deste comentário. Para saberem crescer como homenzinhos e poderem ser, algum dia, respeitados …
    Espera pela volta do correio ….

    • Só me gozam

      Caro Dignidade;

      Pela qualidade da escrita, estou em crer que é o “lunetas”, o irmão do presidente.
      Não apertem muito com ele, pois o rapaz pode verter as águas.

      • Não me digam

        Quem? O Fanhante sénior? O empregado do Ferta?
        Ai sim, ai ele vem para aqui com essas conversitas de cácárácácá?
        É que está a dar um exemplo!
        Começam bem estes distintos elementos da CPC do PSD!

  • ex – eleitor encartado do PSD

    O Governo PSD / CDS …. Governa-nos bem governados…
    Aprovadas regras para o despedimento por extinção do posto de trabalho (Renascença)

    O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira as novas regras para o despedimento por extinção do posto de trabalho. O anúncio foi feito pelo ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares.
    E quem os despede a eles?
    É já nas Europeias ???

  • desalihado

    Meus Senhores, isto é tão óbvio que nem vale a pena estar a desenvolver muito o assunto. No entanto, não posso uma vez mais deixar de lembrar que força, que moral que credibilidade tem esta CPC eleita para unir o partido? Só quem não anda na rua, quem não escuta as pessoas é que pode pensar em tal cenário. Porquê a presença na cpc da Dra Eugénia, esposa de um ex candidato Ps a uma Junta de Freguesia? porquê e para quê a presença de um rapaz que ninguém conhece, oriundo de Vilela, empregado do Nuno Pereira? Pergunto, quantos ex Presidentes Junta, por exemplo apoiam a cpc? quantos ex membros da Ass, Municipal apoiam a cpc? pode não parecer importante, mas certamente retira muito peso e imagem a este “novo” psd.