O FC Oliveira do Hospital cai frente ao Farense depois de 120 minutos de futebol

O FC Oliveira do Hospital reteve muito perto de afastar o Farense, da II Liga, da Taça de Portugal, mas acabou por cair no prolongamento ao permitir a vitória da formação algarvia por 3-4. A equipa oliverense conseguiu recuperar de uma desvantagem de dois golos e levou a decisão desta eliminatória para prolongamento. Nuno Rodrigues ainda colocou a equipa da casa a ganhar, mas o Farense com dois golos acabou com o sonho da formação liderada por Marco Santos.

Os forasteiros adiantaram-se no marcador aos 10’, por intermédio de Bruno Loureiro. O mesmo jogador aumentou a vantagem logo no início da segunda parte (48’) de grande penalidade. O FC Oliveira do Hospital marcou, aos 73’, por Fred, de cabeça. Uma grande penalidade, aos 85’, sobre Nuno Rodrigues, permitiu a Zé Francisco estabelecer o empate.

O prolongamento começou com um cabeceamento, aos 92’, de Zé Francisco à barra. E, aos 104’, Nuno Rodrigues fez o 3-2 para a equipa oliveirense. A festa dos homens da casa durou pouco tempo. Um minuto depois de ter conseguido a vantagem o FC Oliveira do Hospital sofreu o empate e, aos 121’, Edinho colocou o Farense na próxima eliminatória da Taça de Portugal.

 

LEIA TAMBÉM

Tomada de posse dos órgãos autárquicos marcada pela tragédia dos incêndios e presidente reeleito aposta em “fazer renascer Oliveira do Hospital”

Não foi uma tomada de posse normal dos novos responsáveis pelo munícipio. Os discursos inflamados …

António Lopes apresenta denúncia no MP contra as autoridades do concelho oliveirense por entender que pode existir “crime de homicídio por negligência” na tragédia dos incêndios

O eleito à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, António Lopes, apresentou ontem uma denúncia …