CNA faz proposta, sem resposta. O Ministro da Agricultura gosta é de “pôr ovos em ninhos alheios” para fazer a “sua” propaganda do costume… Autor: João Dinis, jano

O Ministro da Agricultura visita o “Centro de Recria de Ovelhas Bordaleiras” da ANCOSE,   em Oliveira do Hospital. Pois que aproveite e reveja problemas que são da responsabilidade do seu Ministério e que estão sem soluções!

Está anunciada para amanhã, dia 19 Outubro (12 horas), a vinda do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, à ANCOSE e, em especial, a visitar o “Centro de Recria de Ovelhas Bordaleiras” que esta Associação montou e gere com o objectivo de assegurar a reposição do efectivo desta Raça Autóctone de Ovelhas Bordaleiras, seriamente afectada pelo Incêndio Florestal/Rural de Outubro do ano passado.

Entretanto, é legítimo colocar uma questão “prévia” ao Senhor Ministro da Agricultura:

– Afinal como é que ele se sente ao visitar o “Centro de Recria” da ANCOSE se, e ao que julgamos saber, o Ministério da Agricultura se furtou a contribuir financeiramente para ele e a ANCOSE teve que recorrer a donativos PRIVADOS para o instalar e manter em funcionamento?

Aliás, a CNA, e ainda durante o ano passado, apresentou ao Ministro da Agricultura e ao Governo uma proposta detalhada para um:

Proposta a que o Ministério da Agricultura e o Governo não deram qualquer resposta !…

Assim, é hoje legítimo afirmar-se que, afinal, o Ministro da Agricultura gosta é de “pôr ovos em ninhos alheios” para fazer a “sua” propaganda do costume…

Ministro da Agricultura deve responder:

— Afinal, que Ajudas foram criadas para compensar a perda de rendimento dos AGRICULTORES que foram mais afectados pelos Incêndios, Ajudas essas que a Assembleia da República, a 13 de Abril deste ano, até recomendou serem criadas?

— E que diz aos milhares de AGRICULTORES que viram as Candidaturas “simplificadas” – até 5 mil euros – sofrerem “cortes” sem explicações e que diz aos muitos outros que foram excluídos do acesso a qualquer Ajuda devido às sucessivas confusões engendradas pelo Ministério da Agricultura ? E aos que estão agora sem possibilidades práticas para executarem o projecto “complicado” no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural, PDR 2020 ?

— E onde estão a funcionar – nas condições financeiras anunciadas oficialmente para serem garantidas aos Produtores Florestais – os “Parques de Armazenagem de Madeira ardida “  que o Ministro da Agricultura tanto propagandeou ?

— E que “planos” concretos tem já o Ministério da Agricultura para acudir à nossa Floresta mais tradicional (não intensiva) que ficou dizimada pelo Grande Incêndio e que agora está a ser dizimada por pragas e por espécies invasoras como são o Eucalipto (nesta fase…) e a Mimosa ?

Terminamos :

– Senhor Ministro da Agricultura:

Os Agricultores e Produtores Florestais são vítimas dos Incêndios !    Não são culpados !

– Senhor Ministro da Agricultura :

Basta !   A sua propaganda não resolve os problemas que são reais e muito graves !

Autor: João Dinis, Jano (pequeno produtor florestal lesado pelo Grande Incêndio e dirigente da CNA)

LEIA TAMBÉM

Cartões e telemóveis podem andar juntos na carteira? Autora: Isa Tudela

Pense neste cenário: vai às compras, carrinho cheio e na hora de pagar o cartão …

Tenho um furo no meu quintal, serei obrigado a ligar o meu imóvel à rede pública de abastecimento de água?Autora: Tânia Santana.

As soluções privativas, designadamente furos, outros tipos de captações de água, fossas sépticas, só são …