Oito meses depois, ministro da Educação confirma intervenção no Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital e remoção das placas de amianto

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou hoje na visita que realizou a Oliveira do Hospital que vão arrancar obras na sede do agrupamento de escolas daquele concelho. A intervenção nos edifícios representa um investimento na ordem de 1,3 milhões de euros, com comparticipação da União Europeia, sendo os restantes encargos financeiros repartidos entre o Ministério da Educação e a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. As obras, que segundo o presidente da autarquia podem arrancar dentro de 15 dias, incluem a remoção das placas de amianto da cobertura e intervenções na área da eficiência energética, entre outras.

Tiago Brandão Rodrigues falava aos jornalistas após ter participado no encerramento da “Festa da Primavera – AEOH a Florir”, promovida pelo Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH). E, depois de cerca de oito meses de arrastamento do processo, o ministro diz que finalmente “estão reunidas as condições para a Câmara Municipal poder fazer as obras”, declarou, realçando que a reabilitação da escola está integrada num conjunto de 230 intervenções em estabelecimentos de ensino de diversas localidades do país, que totalizam investimentos de cerca de 200 milhões de euros.

com esta visita ao concelho, um dos mais afectados pelos incêndios de 15 e 16 de Outubro de 2017, procurou associou-se a “uma verdadeira sagração da primavera”, um momento que disse ter “um significado muito especial” num agrupamento de escolas que “tem um projecto pedagógico admirado por muitos”. A iniciativa contribui para “uma consciencialização ambiental e ecológica para as novas gerações”, acrescentou.

José Carlos Alexandrino disse que os atrasos na realização da empreitada resultaram do facto de os terrenos não estarem registados em nome do Ministério da Educação, situação agora regularizada que permite o início das obras “dentro de 15 dias”, após aprovação da candidatura a fundos europeus, que estava suspensa por esse motivo. “Temos as condições para ultrapassar os constrangimentos”, sublinhou o autarca.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital recebe final da etapa da Volta a Portugal de homenagem às populações afectadas pelos incêndios e Marcelo acompanha caravana

A 80.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta vai passar por alguns concelhos afectados …

FPF entregou casa reconstruída a família de Oliveira do Hospital

Uma família de Oliveira do Hospital recebeu hoje a casa onde vivia antes dos incêndios …