Oliveira do Hospital associa-se a Limpar Portugal 2013

 

… com o propósito de identificar “deposições ilegais de resíduos”.

“Limpar Portugal 2013 – Responsabilizar Portugal” é o mote de mais uma ação do projeto cívico e ambiental Limpar Portugal agendada para o próximo dia 24 de março e que vai contar com a parceria do Município de Oliveira do Hospital no âmbito dos objetivos da Agenda 21 Local para o concelho.

Em parceria com a AMO Portugal – Associação Mãos à Obra Portugal, o município oliveirense pretende dar sequência a um trabalho feito nas três anteriores edições que, na base do voluntariado permitiu a recolha de 39 toneladas de lixo.

Este ano, a iniciativa tem o objetivo de georreferenciar e mapear todas as deposições ilegais de resíduos para depois serem apresentadas ao país num “grande debate público nacional”. “Será uma autêntica caça à deposição ilegal de resíduos”, refere a AMO Portugal, notando que o objetivo é “promover a educação ambiental e refletir sobre a problemática do lixo, do desperdício, do ciclo dos materiais e do crescimento sustentável”.

Em Oliveira do Hospital, o município pretende desencadear diversas ações de sensibilização e educação ambiental, entre as quais a exposição fotográfica “Limpar Portugal em Oliveira do Hospital 2012”, que decorrerá entre 21 de março e 14 de junho, inaugurando-se a mesma nos Paços do Município e passando depois por todos os agrupamentos escolares do concelho, Escola Secundária de Oliveira do Hospital e EPTOLIVA.

Tal como sucedeu nas edições anteriores, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital vai proceder à identificação de lixeiras a céu aberto, contando com a participação das Juntas de Freguesia, GNR, Bombeiros Voluntários, CAULE, ERVEDUS e demais associações ambientais e não ambientais do concelho.

Para o dia 24 de março estão também previstas várias caminhadas ecológicas pelos mais recentes percursos pedestres do concelho de Oliveira do Hospital, com o objetivo de sensibilizar para a mudança de atitudes perante a natureza, com base na perceção dos impactes ambientais que as deposições ilegais de resíduos podem ter na mesma.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …