Oliveira do Hospital continua a estreitar laços com comunidade estrangeira

Depois de um primeiro encontro realizado em S. Gião, o municipio de Oliveira do Hospital persegue o propósito de integrar e estreitar laços com os estrangeiros. O segundo Fórum População Estrangeira acontece no dia 1 de outubro e a reunião preparatória já teve lugar na Câmara Municipal.

Tendo em conta os temas língua e cultura, turismo, ambiente, atividades cívicas e apoio técnico, saíram da reunião várias ideias para colocar em prática. A realização de uma caminhada por um dos Caminhos do Xisto do concelho de Oliveira do Hospital, a criação de um gabinete de atendimento e encaminhamento a estrangeiros na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e de uma página no site do Município de Oliveira do Hospital com informação útil para estrangeiros, a tradução e disponibilização online em inglês do Guia de Turismo Ativo de Oliveira do Hospital ou a programação cultural na Casa da Cultura César Oliveira, em dias específicos, em parceria com o Pelouro da Cultura, são algumas das propostas de iniciativas que o município pretende colocarem prática nos próximos meses e que serão discutidas e reforçadas no II Fórum População Estrangeira de Oliveira do Hospital, que se realiza no dia 1 de Outubro, no âmbito das comemorações do feriado municipal.

Através do Fórum População Estrangeira de Oliveira do Hospital que já conta com mais de uma centena de cidadãos estrangeiros – holandeses,belgas, britânicos, alemães, franceses, irlandeses e outros – o município pretende “estreitar laços com a comunidade estrangeira residente no concelho, no sentido de promover a sua integração social e económica, valorizando as capacidades desta comunidade”.

No sentido da construção participativa de um concelho mais inclusivo e multicultural – um “Município Amigável para todas as comunidades” – é objetivo do fórum “o diálogo e a criação de várias parcerias com a população estrangeira residente no concelho de Oliveira do Hospital e o estreitamento e aprofundamento dos laços já criados”.

“Oliveira do Hospital quer afirmar-se como um destino central e organizado para acolher as várias comunidades estrangeiras, assumindo-se como “A Friendly Municipality”, informa o município.

Nas palavras do Vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, “considerada a relevância que o projeto ganhou junto das várias comunidades e o interesse que suscitou em algumas embaixadas, mais nos dá força e motivação para avançar e concretizar as ações previstas, assim como outras futuras”.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …