Oliveira do Hospital distingue Vitor Frade com medalha de Ouro Municipal

 

A mais elevada distinção municipal vai ser entregue, dia 7 de outubro, a Vítor Frade. A atribuição da medalha de Ouro Municipal, que vai acontecer por ocasião da comemoração do dia do município, surge em jeito de reconhecimento do trajeto seguido pelo vilafranquense que, aos 68 anos de idade, acumula um conjunto de sucessos no seu percurso desportivo, ao ponto de ser referenciado por José Mourinho – na introdução de “Mourinho – Questão de Método”, de Bruno Oliveira, Nuno Amieiro, Nuno Resende e Ricardo Barreto – com as seguintes palavras:

A Vítor Frade, por me ter feito viver uma experiência única. Pela sua disponibilidade incondicional e pela sua generosidade. Pelo seu entusiasmo contagioso. Pela sua amizade. Pelos horizontes que abriu e pelos novos caminhos que apontou. Por ter proporcionado a possibilidade de que este livro seja escrito, abordando o método de Mourinho. Caro professor , as coisas não são tanto assim. E não me canso de recordá-lo: a estrutura é sua”.

Em causa está o facto de Vitor Frade se ter notabilizado pela teorização do conceito de “Periodização Tática”, adaptado pelos treinadores responsáveis por muitos dos êxitos do futebol português do século XXI.

Formado em Educação Física pela Universidade Técnica de Lisboa e em Filosofia pela Universidade do Porto, Vítor Frade foi professor do ensino preparatório, secundário, especial e também superior, o último dos quais até 2010, ano em que se aposentou na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto.

Técnico desportivo desde 1978 como treinador da Seleção Norte de Voleibol Júnior, o vilafranquense foi, no ano seguinte, um dos três selecionadores da Seleção Nacional Júnior no Campeonato da Europa. Desde a década de 80, até ao momento, Frade exerceu funções de treinador de futebol nas equipas profissionais do Boavista, Rio Ave e Felgueiras. Trabalhou 22 ano no Futebol Clube do Porto (FCP) repartidos pela equipa profissional, formação e escolas Dragonforce, onde ainda é responsável metodológico .

Do seu curriculum fazem também parte três campeonatos nacionais de futebol, quatro Taças de Portugal e três Supertaças. Pelo FCP esteve ainda presente numa meia-final da Liga dos Campeões e numa meia-final da Taça das Taças, contando ainda com várias presenças nos quartos de final da Liga dos Campeões, uma das quais com o Boavista.

A par da atribuição da medalha de Ouro a Vítor Frade, a Câmara de Oliveira do Hospital vai igualmente proceder à habitual entrega de medalhas de mérito municipal à Associação Progressiva de Santo António Alva, em reconhecimento pela atividade que presta no domínio da ação social, cultura, desporto e lazer e, ao empresário Joaquim Guerra, proprietário da única empresa produtora de sirgarias e passamanarias para decoração e têxteis lar da Península Ibérica.

Aprovados em sede de executivo, os três nomes vão ser propostos à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital que reúne sexta-feira, 28 de setembro, a partir das 21h00.

LEIA TAMBÉM

Quem compra pássaros? Autor: Renato Nunes.

Todos os sábados, quando ainda mal amanhece, saio de casa em direcção ao mercado semanal. …

frio

Chuva poderá regressar na próxima quarta-feira

O tempo seco vai continuar, pelo menos, até à próxima quarta-feira, altura em que poderá …