Oliveira do Hospital distinguido como “Melhor Município para se Viver”

Oliveira do Hospital é um dos “Melhores Municípios para se Viver 2013” na categoria Economia. Esta distinção resulta de uma iniciativa promovida pelo INTEC – Instituto de Tecnologia Comportamental em parceria com o semanário “Sol”.

A distinção foi divulgada na edição de 18 de outubro, ainda nas bancas, do jornal “Sol” que destaca o programa AtivoSociais – Programa de Apoio e Integração Social dinamizado pelo Município de Oliveira do Hospital e que se destina a promover a empregabilidade.

“O projeto pioneiro e inédito a nível nacional vai de encontro à premissa da política municipal – “as pessoas são a nossa prioridade” – traduzindo-se na aplicação de medidas concretas de combate ao desemprego de longa duração e de apoio à integração de jovens no mercado de trabalho”, refere a autarquia.

Desenvolvido pelo Município de Oliveira do Hospital através do Gabinete de Inserção Profissional e do Gabinete de Ação Social e Saúde, o Programa AtivoSociais visa dar resposta às situações de carência económica e ocupacional e já permitiu a criação de 101 postos de trabalho, diminuindo a taxa de desemprego, nomeadamente entre os mais jovens.

Na sequência da distinção, no próximo dia 28 de outubro, o município de Oliveira do Hospital participará na Conferência de Enceramento do concurso Melhores Municípios para Viver, como exemplo de projeto sustentável com foco no domínio económico, sessão onde estarão os restantes premiados. A conferência, que terá lugar na Universidade Nova de Lisboa, visa fomentar a discussão em torno da gestão sustentável dos municípios e partilha de boas práticas.

No entender de José Francisco Rolo, vereador do pelouro da Solidariedade e Ação Social, a distinção “reconhece a preocupação do município com os desafios da economia local e o emprego, o que conduziu à criação do programa AtivoSociais em parceria com as IPSS, as Juntas de Freguesia e as Associações de Desenvolvimento”.

“Numa conjuntura em que a crise financeira, a austeridade, os cortes e o desemprego põem em causa a economia e a vida das empresas, foi fundamental lançarmos este programa, que neste momento, está em fase de avaliação de resultados”, explica o responsável, verificando que “o pioneirismo do AtivoSociais permitiu criar uma resposta inovadora que logrou integrar jovens à procura do primeiro emprego e desempregados de longa duração no mercado de trabalho, proporcionando novas competências a quem profissionalmente os acolheu”.

“Melhores condições para viver implicam que o Governo e poderes públicos centrem as suas decisões no emprego e no apoio às empresas. Esse é o grande desafio que se coloca ao país. E em Oliveira do Hospital demos um bom exemplo”, concluiu o vereador José Francisco Rolo.

“Melhores Municípios para Viver” é uma iniciativa anual que consiste num diagnóstico do nível da Qualidade de Vida dos habitantes em cada concelho, cujo rating final é publicado no semanário, sendo avaliado o nível de Qualidade de Vida em áreas como a Economia e Emprego, Ensino e Formação, Segurança, Ambiente, entre outros. Inclui a avaliação dos Municípios participantes em duas vertentes: numa perspetiva quantitativa, assente nas condições de vida reais e recursos efetivos dos Concelhos, que apoia uma perspetiva qualitativa, realizada através da avaliação da satisfação das populações relativamente ao nível de qualidade de vida. O INTEC – Instituto de Tecnologia Comportamental é uma associação sem fins lucrativos, de cariz científico-tecnológico, que promove o desenvolvimento e a mudança de atitudes e comportamentos através de projetos de investigação – ação.

LEIA TAMBÉM

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve em Coimbra autor de crimes de homicídio, na forma tentada e de roubo

A Polícia Judiciária deteve um homem pela presumível prática de um crime de homicídio, na …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …