Oliveira do Hospital em ‘suspense’: O que eles prometem…

O PSD, que nos últimos anos tem concorrido sem programa eleitoral, volta este ano a seguir a mesma prática, já que o site oficial do candidato Mário Alves apenas se compromete com as propostas diluídas nos programas apresentados pelas candidaturas às 21 assembleias de freguesia.

Tratam-se, fundamentalmente, de pequenas obras, uma vez que o programa social-democrata não faz sequer uma referência à questão da ESTGOH ou ao desenvolvimento empresarial, por exemplo. Consulte aqui o programa eleitoral.

Do lado do PS, o programa é extenso e as propostas aparecem sectorialmente elencadas.

A primeira prioridade é o desenvolvimento económico e turístico, mas uma das principais novidades, prende-se com o facto de José Carlos Alexandrino se comprometer com “três principais compromissos para quatro anos” nas 21 freguesias.

O candidato socialista garante também a concretização de “três medidas em 100 dias”, e dá casos concretos do que pretende realizar, nesse espaço de tempo, ao nível de todo o território concelhio. Consulte aqui o programa eleitoral.

No Movimento de Independentes “Oliveira do Hospital, Sempre”, as propostas de José Carlos Mendes são sintéticas mas incisivas.

É um programa eleitoral que contém intenções para a resolução de algumas das principais questões que vêm merecendo a preocupação dos oliveirenses, pois conforme refere o candidato, “nos últimos catorze anos pouco se fez em vários sectores”.

Mendes adverte ainda que existe a “consciência de que o fundamental ficou por fazer, daí a nossa abrupta descida do 3º lugar que ocupávamos no ranking a nível distrital para o 13º lugar”. Consulte aqui o programa eleitoral.

Do lado da CDU – os comunistas só têm disponível o programa em formato de papel –, também não faltam propostas. Desde logo a ESTGOH, que o candidato comunista quer ver construída em Oliveira do Hospital.

Mas a promessa mais ousada de João Dinis, prende-se com o “lançamento de um debate intermunicipal para a construção de ramal de caminho-de-ferro entre Lousã (Serpins) e Celorico da Beira.

LEIA TAMBÉM

PS vence Assembleia Municipal e PSD fica com a maioria das Juntas de Freguesia

 

Com António Lopes como cabeça de cartaz, o PS foi também o partido mais votado para a Assembleia Municipal.

José Carlos Alexandrino é o novo presidente da Câmara de Oliveira do Hospital

O PS conseguiu hoje um feito que não se repetia desde 1989. Alexandrino devolveu a Câmara Municipal aos socialistas.