Oliveira do Hospital encerrou 2010 com subida de 28 por cento do desemprego

 

Oliveira do Hospital terminou o ano com 973 inscritos no Centro de Emprego de Arganil, mais 86 do que em novembro e mais 270 do que em dezembro de 2009.

Ainda que o sexo masculino dê sinais de preocupação, acaba por ser o sexo feminino o mais flagelado pelo desemprego em Oliveira do Hospital. No final do ano, o desemprego atingia 590 mulheres e 383 homens.

Apesar do drama que os números representam, a situação é na realidade mais grave, já que as estatísticas do Instituto de Emprego e Formação Profissional não incluem os desempregados que, por esta altura, têm os contratos de trabalho suspensos e os que frequentam cursos de formação profissional.

LEIA TAMBÉM

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …

PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão …