Oliveira do Hospital já tem sala de espera para utilizadores de transportes públicos

Aguardar pela chegada do transporte público na cidade de Oliveira do Hospital deixou de ser tão penoso. Desde ontem, que o município disponibiliza um espaço para os utilizadores daquele serviço, equipado com aquecimento, lugares sentados e sanitários.

A sala de espera, aberta durante todo o dia, localiza-se no lado oeste do edifício do Mercado Municipal e destina-se aos passageiros que utilizem qualquer um dos sistemas de transportes públicos a operar no concelho.

Para Fevereiro, está ainda prevista a abertura naquele espaço de um novo balcão de venda de bilhetes da Rede Expresso.

Para além da abertura da sala de espera, o sistema de largada e recolha de passageiros na cidade implicou também a alteração do trânsito no espaço envolvente ao Mercado Municipal, que passará a ser feito num só sentido nos arruamentos norte e oeste.

Também a zona de estacionamento de táxis que se encontrava defronte do Pavilhão Municipal foi transferida para a zona frontal do Mercado Municipal.

Em nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, o gabinete da presidência autárquica explica que a abertura do novo espaço representa um “esforço da Câmara Municipal em proporcionar aos utentes dos serviços de transportes públicos condições de maior conforto no período de espera dos serviços”.

Destaca também o facto de a nova medida implicar “uma melhoria no ordenamento do trânsito na Avenida Carlos Campos”.

Pese embora a mais-valia associada à abertura da sala espera, o município garante não ter abandonado a intenção de construir uma plataforma que proporcione as melhores condições possíveis à circulação de passageiros na cidade.

De acordo com informação autárquica, a Câmara Municipal “já encomendou alguns estudos” para que se encontre a solução mais adequada à realidade concelhia.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …