Oliveira do Hospital não faz parte de cerca de metade das autarquias que escolheram aplicar o mínimo de IMI

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital manteve o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) em 0,35 por cento e não faz parte do universo de 135 autarquias (quase metade das 308 existentes) que optaram por aplicar a taxa mínima(0,3).

A autarquia liderada por José Carlos Alexandrino manteve o mesmo valor num ano em que termina a cláusula de salvaguarda, criada em 2013, para proteger os proprietários de aumentos bruscos devido à avaliação geral dos imóveis. Mantendo o imposto inalterado e com o final da cláusula de salvaguarda, a autarquia oliveirense deverá conseguir um encaixe bem superior ao do ano anterior.

No panorama global, 43,8% dos municípios vai cobrar em 2015 a taxa mínima de IMI, ou seja, 0,3 por cento. Houve também 32 autarquias que optaram por baixar o imposto e apenas 19 optaram pelo aumento. Só 11 por cento das Câmaras irá aplicar a taxa máxima: os cinco por cento permitidos por lei.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …

  • Sr. Viegas

    Nobre Frei, vinde pregar, vinde!

  • Erasmo de Roterdão

    Como sabeis foi pregada a boa nova de “Tudo Pelas Pessoas”. Na boa fé do Senhor,confortados com tão nobres sentimentos, muitos foram os irmãos que tiveram a mercê de seu voto. E estão a ser “correspondidos”.Todos, sem excepção, estão a ter a “graça” da distribuição dos aumentos da água, da taxa do IMI. e mais algumas “atenções” menores.Alguns, os mais afortunados, estão mesmo a conseguir uns ajustes directos, umas preferências “muito” preferidas. Como sempre se disse em nossas preces e homilias-DEUS È GRANDE. Infelizmente, a mentira também..!

  • Politicalex

    Senhores Erasmo e Guerra Junqueiro: Queria pedir-lhes um favor. Dêm lá uns dias de folga nesta quadra natalícia. Constou-me, e já tenho apreciado que há uma pessoa que não tira os olhos do telemóvel a guardar o CBS.A expressão foi: ” É doentio. Há dias até num funeral não tirava os olhos”… Preciso dizer quem é..? O homem ainda gasta o telemóvel e lá temos nós que pagar outro…vá.umas fériaszinhas…pode ser?

  • Sr. Viegas

    Estou desiludido com o executivo local e seus eleitos!
    Normalmente publicam tudo, até o dia mundial da bolota é publicitado, e estas políticas não são publicitadas? Só sabem metade da missa? Andam selectivos? A Folha de Couve não vende disto? A Xuxaria Tv também não?
    A maioria empobrece alegremente,
    uma minoria pilha sorridentemente!
    Que povo este,
    que Estado este!
    Na minha pessoa, cumplicidades e favorecimentos, verificados, aqui, aos olhos de todos, deveriam, sem qualquer receio, ser punidos com a mais mortal das punições, a consciencialização pública!
    Receio o pior, receio que a falta de estratégia e visão política que nos assombram, e continuará a assombrar, possam destruir o meu sonho, o nosso sonho, Oliveira do Hospital enquanto potência Distrital! E nunca o será! Enquanto se continuar a alimentar a ilusão que a televisão é que vende e que o trabalho temporário em forma de POC ou estágio é que é fixe(fortes doidos!) estamos todos f*****. Vivemos na terra dos índios, não se ganha eleições porque se vai desenvolver o concelho, ganha-se eleições porque se bebem uns martelos ao Domingo, na BOLA! Mas há algo que, de facto, me surpreende:Como é que é possível que numa terra de tantos Juristas, Professores, Intelectuais, Assessores de Comunicação etc etc…se prefira investir mais na Bola que na Acção Social e na EDUCAÇÃO…algo está mal! são coisas distintas, a incompatibilidade é óbvia…
    Os Xuxalistas aqui do burgo são todos bons rapazes, tudo malta porreira e, disso, ningém dúvida, o problema é que não vêem a política como uma utilidade pública, mas sim, como o seu emprego, emprego este que seguram com unhas e dentes, o chamado “vale tudo”. Não, não vale..! A demagogia é perigosa, como diria Maquiavel: “é preferível ser temido pelo povo que ser amado”, a demagogia leva ao amor precoce, mas quando o vento sopra em sentido contrário….a traição é violenta! Sejam sérios, procurem fazer o bem, não vos resta muito, há que sair de cabeça semi-erguida!

  • Mitómano

    Bom dia.Cá estou na minha matinal revista de imprensa. São 05 40 desta manhã de 29-12. Os meus parabéns Senhores Viegas e Erasmo. Folgo em verificar que se desperta contra esta gestão à vista, festivaleira e futeboleira. É tempo de um ponto de ordem nesta situação.Chega de ver os Boys a rodar de Adesas para Blcs De Pocs para Adis de BLCs para eptolivas. Chega de ajustes directos .Chega de regabofe. A transparência não se publicita. Exerce-se.Só uma achega antes que o “prof. do direito administrativo” venha corrigir. Nós sabemos que o art.22 da 50/2006 foi alterado pela 89/2009.Mesmo que não pareça é a sério… Bom dia.Vou descansar.

  • Erasmo de Roterdão

    Caro Politicalex: Ouvi vossa prece. Porém ,não vejo como poder atender a vosso pedido. Como sabeis os votos que professei e o dever canónico obrigam-me a, pelo menos uma “missa ” e dois “terços”, diários. Como sabeis, só tenho esta paróquia.Tenho fundado receio de não vos poder corresponder. Verifico a ausência do “impostor Amaral”. Eu bem contei a parte melhor de sua existência. Mas, nem assim. Acaso saberá ele que Frei André do Amaral, morreu degolado acusado de traição, ao seu ´Grão Mestre, Filipe de Villers? Penso ter escolhido bem a personagem que mais se lhe assemelha… Identificado fica. Em Roma como aqui, não se apreciam traidores..!