idosos

Oliveira do Hospital passa a integrar consórcio que visa bem-estar dos idosos

O Município de Oliveira do Hospital vai juntar-se a Coimbra, Tondela e Mealhada como membro efectivo da [email protected], adianta o site da autarquia oliveirense. Este é um consórcio de âmbito regional que procura valorizar o papel do idoso na sociedade e a aplicação de boas práticas para permitir o bem-estar geral e um envelhecimento activo e saudável.

O projecto é liderado pela Universidade de Coimbra e é composto por diversas instituições, como o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, a Administração Regional de Saúde do Centro, o Instituto Pedro Nunes e a Câmara Municipal de Coimbra, a que se juntam vários Institutos, Fundações, Hospitais e Empresas.

“O principal objectivo é melhorar a vida dos cidadãos idosos na Região Centro de Portugal através de melhores serviços sociais e cuidados de saúde, assim como da criação de novos produtos e serviços inovadores. Trata-se de um desafio, no âmbito de uma Parceria Europeia para o Envelhecimento Activo e Saudável que tem como objectivo aumentar a esperança média de vida saudável dos cidadãos da UE em dois anos, até 2020”, pode-se ler no site da autarquia oliveirense, o qual destaca o facto de pela acção do Consórcio [email protected], a Região Centro de Portugal já adquiriu o estatuto de “Região Europeia de Referência para o Envelhecimento Activo”, reconhecido pela União Europeia (UE), um estatuto único no território português e uma das 32 existentes na EU.

“Com a integração neste consórcio regional, o Município de Oliveira do Hospital – que está atento à problemática do envelhecimento no seu território e à necessidade de implementar estratégias concelhias para um envelhecimento mais activo e saudável – torna-se assim parte deste território de referência possibilitando que as suas instituições de apoio ao idoso possam acolher e desenvolver métodos, técnicas e estudos pioneiros tendentes à prossecução destes objectivos”, sustenta a autarquia oliveirense.

“Perante o drama do envelhecimento demográfico do país, que é uma bomba relógio em contagem decrescente, é estimulante que Coimbra seja reconhecida como ‘Região Europeia de Referência’ no domínio do envelhecimento activo”, frisa o vice-presidente da autarquia Francisco Rolo. “Por outro lado Oliveira do Hospital, pelo que tem feito tem que estar na linha da frente das boas práticas do envelhecimento activo, quer pelo trabalho feito, pela vontade de aprender e partilhar nestes domínios, quer pelo exemplo de adopção de políticas de natalidade amigas das famílias”, remata.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …