Aldeias de Montanha

Oliveira do Hospital passa a integrar Rede de Aldeias de Montanha

O Município de Oliveira do Hospital vai passar a integrar a Rede de Aldeias de Montanha (RAM), anunciou ontem em comunicado a autarquia. “Constituída por um conjunto de aldeias com características únicas que integram ou confinam com o Parque Natural da Serra da Estrela. Esta rede foi criada em 2013 e tem como o objectivo promover o desenvolvimento turístico integrado da RAM, como marca agregadora do potencial turístico da Serra da Estrela e Beira Interior”, refere a missiva.

O vereador responsável pelo pelouro do Turismo na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, segundo o comunicado, congratulou-se com mais “esta janela de oportunidade que se abre” para ajudar a desenvolver o turismo, sublinhando que “esta adesão representa o regresso de Oliveira do Hospital à grande marca Serra da Estrela”.

A adesão a esta rede de aldeias montanhas, constituída por pequenos aglomerados representativos “de um riquíssimo património cultural e ambiental da Região da Serra da Estrela que se apresentam como um importante testemunho da vida e culturas desse território, implica o cumprimento de um vasto número de requisitos que, entre muitos outros aspectos, vão desde as características da paisagem de montanha, à altitude, passando pela ruralidade ou a qualidade dos produtos regionais de qualidade, como o queijo Serra da Estrela, por exemplo”, explica.

Foto: Página do fecebook: Aldeias de Montanha

LEIA TAMBÉM

Voluntários da Ordem de Malta visitam vítimas dos incêndios em Oliveira do Hospital e ouvem críticas à actuação das autoridades e autarquia

Logo à entrada da Quinta da Porfía, Seixo da Beira, Oliveira do Hospital, os sinais …

Governo rejeitou mais de 10 milhões euros nos prejuízos dos incêndios de Outubro afirma a Maavim

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (maavim), Tábua, acusou ontem …

  • mesa de cabeceira

    certissimo! mas… com eucaliptos, mimosa, espanta lobo a fazer cenário?!! que falsidade… Esses produtos regionais, ruralidade estão em vias de extinção enquanto assim for a ‘paisagem’ .

  • mesa de cabeceira

    ah, e o uso de pesticidas e fungicidas e herbicidas e mais sei lá quantos ‘cidas’ (usados pelas próprias juntas de freguesias todos os anos)… qual ruralidade qual quê… qual ambiente qual quê… ovelhas a comer pastos cheios de porcaria dará um belo queijo…. (ironia). comecem pela educação ambiental nas aldeias que bem faz falta ou não sobrará um coelho ou uma cabra para contar como era…