Oliveira do Hospital reforça incentivo ao empreendedorismo (Com Vídeos)

A meio do período reservado para a apresentação de candidaturas ao Empreender + Oliveira do Hospital 2013 , a Câmara Municipal volta a apelar ao espiríto empreendedor dos jovens oliveirenses e da região. A servir de estímulo está um incentivo financeiro de 40 mil Euros.


O desafio é claro e passa pela criação de novas empresas no concelho de Oliveira do Hospital, de base inovadora e criadoras de novos postos de trabalho que se mantenham em Oliveira do Hospital pelo período de, pelo menos, cinco anos. Os destinatários são os jovens do concelho e da região com assumido espírito empreendedor aos quais o município oliveirense reserva um estímulo de 40 mil Euros. Tal decorre no âmbito do Emprrender +, o concurso municipal de ideias de negócio que até 15 de setembro se encontra em período de receção de candidaturas à edição 2013.

“Queremos atrair boas ideias de negócio para Oliveira do Hospital”, afirmou esta manhã o vice-presidente da Câmara Municipal que, em sessão de apresentação do concurso, voltou a dar como certo o reforço do estímulo financeiro e que se traduz na atribuição de prémios no total de 40 mil Euros.

“Houve esforço do município em reforçar os prémios e o incentivo à emergência de novas ideias de negócio, novos projetos de investimento, novas atitudes empreendedoras que possam ser consubstanciadas em novas candidaturas”, explicou José Francisco Rolo.

A edição 2013 do Empreender + reserva um primeiro prémio no valor de 15 mil Euros, um segundo prémio de 11 mil Euros e um terceiro de oito mil Euros. A par do valor afeto a cada prémio acresce a novidade de estar prevista a atribuição de duas menções honrosas no valor de três mil Euros cada. “Isto porque, por vezes, há projetos de grande qualidade, ideias de negócio muito relevantes que precisam de estímulo e de incentivo”, explicou o responsável, contando que desde a primeira edição, em 2007, o Empreender + tem vindo a receber um cada vez maior número de candidaturas.

“Passámos de cinco candidaturas num ano para 20 candidaturas num segundo ano”, registou o responsável, explicado que na edição 2013 todas “as candidaturas vão ser acolhidas, sendo depois selecionado um conjunto de 10 que irá à avaliação final do júri”.

Na dinamização do Empreender +, o município de Oliveira do Hospital conta com uma rede de parceiros, entre os quais a BLC3, a ESTGOH, o Instituto Pedro Nunes, instituições bancárias, IAPMEI, entre outras entidades. Para a boa formalização de candidaturas e correto andamento dos processos, o município partiu também para criação de um conjunto de estruturas que apelida de “pontos de informação e apoio técnico” situados na BLC3, ESTGOH e ADI.

A cerca de mês e meio para o terminus do prazo reservado à entrega de candidaturas – termina a 15 de setembro – José Francisco Rolo aludiu ao conjunto de mais valias que o concurso disponibiliza aos vencedores, entre as quais a incubação na BLC3, estrutura que chega a ter manifesta falta de espaço para acolher as ideias de negócio premiadas.

“Este profícuo trabalho já permitiu a instalação de 12 novas empresas na incubadora”, referiu o vice-presidente da Câmara, entendendo ser esta uma boa resposta para os que “aqui e além vão dizendo que nada se faz em Oliveira do Hospital sobre desenvolvimento empresarial”.


“Isto é trabalho com resultados”, disse com “orgulho, mas não satisfeito”, José Francisco Rolo que, hoje, contou com os testemunhos de empreendedores premiados no âmbito do concurso municipal de ideias de negócio: Jorge Gouveia (Go-Star) e António Nina (Nina- Transformações de Carne)

LEIA TAMBÉM

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …