Oliveira do Hospital renova voto a João Paulo II

 O “Dia Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital” celebra-se no próximo domingo e, num evento que terá lugar no do Parque do Mandanelho, as vinte e uma paróquias do concelho renovam a sua homenagem anual a São João Paulo II, proclamado há um ano como Padroeiro do concelho. A organização espera uma vasta moldura humana e lembra que no ano passado o evento contou com mais de quatro mil fiéis.

As cerimónias principiam com a Oração do Terço da Divina Misericórdia e da Coroa de São João Paulo II, esta última uma oração especial elaborada pela Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital e que conta com aprovação eclesiástica. Pelas 10h30 será celebrada a Eucaristia Solene, no decorrer da qual estará à exposta à veneração dos fiéis a Relíquia de São João Paulo II, enviada no ano passado pelo Vaticano. No final da celebração eucarística será apresentada e benzida a nova imagem processional, em madeira, bem como um estandarte de São João Paulo II.

Após as celebrações no Parque do Mandanelho, segue-se a procissão que contará com a presença das várias Irmandades e Bandas concelhias, até ao Recinto João Paulo II, passando pela Rua Papa Francisco, inaugurada no ano passado. Nesse local, junto da Estátua granítica de São João Paulo II, também inaugurada em 2016, será descerrada a placa que indica o contributo das Irmandades do Concelho para a aquisição da estátua que vela sobre o município de Oliveira do Hospital.

No termo das cerimónias, toda a assembleia reunida com os seus párocos renovam o voto de homenagem a São João Paulo II, Padroeiro do Concelho / Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital. O evento solene de oração e festa é dinamizada pela Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital e conta com o apoio do Município de Oliveira do Hospital.

LEIA TAMBÉM

GNR deteve suspeito de atear fogo florestal em Viseu

A GNR anunciou hoje a detenção de um homem, de 56 anos, suspeito de atear …

Fogo em duas localidades do concelho de Oliveira do Hospital já foi dominado

Situação em Góis “é preocupante” e pode agravar-se

O comandante operacional da Protecção Civil, Vítor Vaz Pinto, disse hoje que o incêndio de …