Oliveira do Hospital vê reconhecidas boas práticas e integra grupo das cidades com melhores condições para viver

A Associação Bandeira Azul da Europa prepara-se para, no dia 16 de setembro, atribuir ao município de Oliveira do Hospital o galardão ECO XXI pelas boas práticas de sustentabilidade. A distinção de cidade com melhores condições para viver vai ser entregue em outubro.

Município Eco XXI e cidade com melhores condições para viver. A dupla distinção é dada pela Associação Bandeira Azul da Europa que acaba de notificar a Câmara Municipal para a atribuição, no dia 16 de setembro em Torres Vedras, do galardão ECO XXI, remetendo também para outubro a atribuição da distinção de cidade com melhores condições para viver.

Este é o resultado de uma candidatura apresentada, pela primeira vez, pelo município oliveirense junto da Associação Bandeira Azul da Europa e que “é o reconhecimento do trabalho que houve e das decisões que foram tomadas para tornar Oliveira do Hospital num espaço digno, valorizado com ótimas condições para viver, trabalhar, educar os filhos e para envelhecer com qualidade de vida”, refere o vice-presidente da Câmara Municipal.

Para José Francisco Rolo resposta vinda da ABAE é “o reconhecimento de quatro anos de políticas equilibradas e certas” em todas as áreas e que permitiram transformar Oliveira do Hospital “num ótimo lugar para viver”. A contribuir estiveram não só as “boas opções políticas”, mas também a “rede parcerias” com empresas, IPSS e cidadãos em geral.

Às portas das eleições autárquicas de 29 de setembro, José Francisco entende que a comuninação da ABAE não poderia ser melhor oportuna, porque “desmente cabalmente todos os ataques que têm feito às opções políticas deste executivo”.

LEIA TAMBÉM

Mais de uma centena de famílias desalojadas em Oliveira do Hospital aponta o presidente da Câmara

Mais de uma centena de pessoas ficaram desalojadas no concelho de Oliveira do Hospital por …

Incêndio reacende-se na Serra da Malcata, zona do Lince Ibérico

Bebé desaparecido em Tábua foi encontrado morto

O bebé de um mês que estava desaparecido na Quinta da Barroca, concelho de Tábua …

  • Ouvido na barbearia

    – Então Oliveira é uma cidade com as melhores condições para viver?
    – Parece que sim, deve ser pela qualidade das ETAR’s!

    • Erasmo de Roterdão

      Só não é tanto, por causa de uns bocados de asno, como diria o Abade de Baçal, que ainda não se conseguiu reciclar.Não fora por eles e pelo cheiro que empestam, seria Oliveira, o melhor lugar de todos..! É preciso serem os de fora a abrir-vos os olhos..! E, contra factos…

  • Leandro Santos

    “ótimas condições para viver, trabalhar”

    Trabalhar? Quer ler isto e não conheça a cidade, deve pensar que isto aqui é a terra das oportunidades.

    • Guerra Junqueiro

      Vou informar-me sobre esta “não noticia”, deve haver aqui muito engano para será desmentido depois das eleições.
      Oliveira do Hospital, “The Portuguese Dream”.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

  • Guerra Junqueiro

    CódigoSectorNomeFonteTipo de IndicadorPontuação Máxima PossívelPERIP/ICIU/INU1Ed. Ambiental/EDSPromoção da Educação Ambiental /EDS por iniciativa do municípioMunicípio; APA; MEC; INTEC; CNERIPIU10,02Ed. Ambiental/EDSEducação Ambiental – Programas FEE: Eco-Escolas+JRAABAERIPIU4,5 (+ 1,5)3Ed. Ambiental/EDS; Ambiente Marinho e CosteiroImplementação do Programa Bandeira AzulABAERICINU2,0 (+ 0,2)4InstituiçõesParticipação Pública e Agenda 21 LocalMunicípio; CCDRs; DRRF Açores; DROTA; ICS; APARICIU6,5 (+ 0,9)5InstituiçõesInformação disponível aos munícipesMunicípio; ICS; InternetRICIU4,5 (+ 0,5)6InstituiçõesEmpregoMunicípioRICIU3,0 (+ 0,5)7InstituiçõesCooperação com a Sociedade CivilMunicípio; APA; ICS; OrganizaçõesRICIU2,5 (+ max. 0,6)8InstituiçõesCertificação de Sistemas de GestãoMunicípio; IPQRICIU2,09Conservação da Natureza e da BiodiversidadeÁreas Classificadas (âmbito Conservação da Natureza)Município; ICNF; INE; DRRF Açores; DRFCN MadeiraRICIU/INU0,0 (+ 3,0)10Conservação da Natureza e da BiodiversidadeConservação da Natureza (Biodiversidade e Geodiversidade). Conhecer, Educar e DivulgarMunicípio; ICNF; INE; DRRF Açores; DRFCN Madeira; Ciência Viva; Universidades; Unidades de Investigação; Laboratórios do EstadoRICIU5,0 (+ 2,0)11Conservação da Natureza; FlorestaGestão e Conservação da FlorestaMunicípio; ICNF; DRRF Açores; DRFCN MadeiraRICIU3,012Ordenamento do TerritórioOrdenamento do Território e Ambiente UrbanoMunicípio; CCDRs; DGT; DROTA; ICS; INE; DRRF Açores; UniversidadesE/P/RICIU13,0 (+ 1,0)13ArQualidade do Ar e Informação ao PúblicoMunicípio; APA; CCDRsEICIU3,014ÁguaQualidade da Água para Consumo HumanoMunicípio; ERSAREIPIU3,015ÁguaPopulação Servida por Sistemas de Abastecimento de Água e por Sistemas de Drenagem e Tratamento de Águas ResiduaisMunicípio; ex-INAG (APA, IP); INEEICIU7,0 (+ 1,0)16ResíduosResíduos Urbanos Gerados, Recolhidos Seletivamente e TratadosMunicípio; APA; CCDRs; INE; ERSAR; SPVPIPIU7,017EnergiaValorização do Papel da Energia na Gestão MunicipalMunicípio; DGEG; ADENE; Agência Municipal ou Regional de Energia; ERSE; EDP; GALP; MEI; RNAEEICIU7,0 (+ 1,0)18TransportesMobilidade SustentávelMunicípio; FCSH-UNL (IDE); IMTTRICIU7,0 (+ 0,3)19RuídoQualidade do Ambiente SonoroMunicípio; APA; CCDRs; DRRF Açores; DROTARICIU/INU3,020AgriculturaAgricultura e Desenvolvimento Rural SustentávelMunicípio; DGADR; INE; GPPE/PICINU3,5 (+ 0,5)21TurismoTurismo SustentávelMunicípio; TP; INE; PPARTE/RICIU/INU3,5 (+ 1,0)
    Notas:
    A data de referência dos dados de cada indicador será a do ano anterior ao da candidatura.
    Casos excepcionais referentes aos últimos dados disponíveis ou outra situação, serão referidos na descrição do indicador: últimos dados disponíveis (para os indicadores onde é impossível dados do ano anterior); dados relativos ao próprio ano de candidatura (em situações muito específicas).
    Pontuação Máxima Possível:
    em municípios onde não são aplicáveis todos os INU nenhuns dos Indicadores Não Universais …………91 pontos
    em municípios onde não é considerado 1 dos Indicadores Não Universais(ex: ind 11) …………………… 97 pontos
    em municípios onde são considerados todos os Indicadores Não Universais ……………………………… 100 pontos
    Siglas nos indicadores: P – Pressão; E – Estado; R – Resposta ; IP – Indicadores Primários (imperativos); IC – Indicadores Complementares; IU – Indicadores Universais; INU – Indicadores Não Universais.

    Esta é a tabela dos indicadores utilizados para a aviação, o engraçado é que é a fonte de toda a informação, é o Município.
    Tal como tinha escrito, isto é uma “não noticia” feita à medida para a campanha eleitoral.
    Com a mentira podem ir
    muito longe, mas sem esperança de voltar.

    Esta é a praga deste
    tempo, quando os loucos guiam os cegos.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro