Quarta-feira, Março 29, 2017
Início - Região - Oliveira do Hospital - Oliveira do Hospital volta a manifestar indignação pela falta de médicos
Oliveira do Hospital volta a manifestar indignação pela falta de médicos

Oliveira do Hospital volta a manifestar indignação pela falta de médicos

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, em conjunto com a Comissão de Cidadãos pela Saúde, colocou um outdoor na rua onde chama a atenção para o problema da falta de médicos que assola o concelho. “Exigimos cuidados de saúde para todos os oliveirenses” é uma das mensagens que surge no cartaz que desde quarta-feira se encontra expostos no concelho. O cartaz destaca ainda outras duas frases: “Urgente! Grávidas, crianças e idosos precisam de médicos” e “queremos médico de família. A saúde não é um luxo”.

A falta de médicos tem sido um dos problemas constantemente debatidos nas assembleias municipais. Vários presidentes de juntas de Freguesia também têm manifestado a sua preocupação. A Junta de Freguesia de Lagares da Beira ainda recentemente alertou que irá endurecer a luta se não for colmatada brevemente a falta de médico na sua extensão de saúde, uma situação que se arrasta há quase dois anos e que afecta dois mil utentes.

Este cartaz surge depois do presidente da autarquia ter afirmado na última Assembleia Municipal, em Fevereiro, ter a garantia do Ministério da Saúde de que serão colocados mais dois médicos no Centro de Saúde da cidade no próximo concurso. José Carlos Alexandrino explicou ainda na altura que o secretário de Estado da Saúde se mostrou interessado na ideia que o autarca lhe apresentou e que passa por incorporar um médico e um enfermeiro na Unidade Móvel de Saúde que, neste momento, faz serviço nas freguesias de Aldeia das Dez, S. Gião e Lourosa.

O autarca, recorde-se, tem procurado soluções para o problema. Chegou mesmo a apresentar no ano passado aquilo que o próprio designou por sistema revolucionário. O projecto não avançou e José Carlos Alexandrino disse depois suspeitar que a sua ideia terá sido travada nos corredores da política, pela mão do PSD Coimbra, com medo que o próprio autarca acabasse imortalizado e lhe erguessem uma estátua.

  • Vermelhão

    Se não fosse um problema, só dava para rir. O nosso presidente deve estar à espera que, quem pode resolver o problema venha ler o cartaz. Que meta perninhas ao caminho e vá a Lisboa, ou onde tiver de ir. Está à espera que cá venham? Ainda não reparou que a resposta que lhe deram, é a mesma que dão sempre que questionados sobre o assunto em todo o lado? Vai ter uma estátua, vai. Mas é no quintal dele para afugentar os pássaros.