Oliveirense é chefe da Missão de Portugal na Palestina

 

Paulo Portas, Ministro dos Negócios Estrangeiros acaba de confiar a Missão de Portugal na Palestina ao oliveirense Francisco Vaz Patto. Filho do médico cirurgião António Vaz Patto, o diplomata foi nomeado chefe de Missão, cargo equiparado a embaixador, por Paulo Portas, no âmbito do segundo movimento diplomático ocorrido este ano.

Francisco Vaz Patto integra o conjunto de novos nomes de diplomatas profissionais com o qual Paulo Portas pretende colocar termo aos conhecidos embaixadores políticos.

Até à nomeação, Vaz Patto ocupava, desde 2009, o cargo de Ministro Conselheiro – Coordenador Político na Missão de Portugal junto da Organização das Nações Unidas.

Formado em Direito, com Pós-Graduação em Estudos Europeus, Francisco Vaz Patto ingressou na carreira diplomática em 1990 e esteve colocado em várias Missões e Embaixadas de Portugal no estrangeiro, entre 1995 e 2004 e, em representação junto da NATO em Bruxelas, Alemanha e Angola.

Após o seu regresso a Lisboa em 2004, Vaz Patto foi nomeado assessor do Secretário de Estado da Defesa Nacional, no Ministério da Defesa nacional, e em 2006 foi designado Chefe de Gabinete do Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, no Ministério dos Negócios Estrangeiros, posição que manteve até assumir o cargo que ocupava por ocasião da nomeação.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …