Oliveirense é chefe da Missão de Portugal na Palestina

 

Paulo Portas, Ministro dos Negócios Estrangeiros acaba de confiar a Missão de Portugal na Palestina ao oliveirense Francisco Vaz Patto. Filho do médico cirurgião António Vaz Patto, o diplomata foi nomeado chefe de Missão, cargo equiparado a embaixador, por Paulo Portas, no âmbito do segundo movimento diplomático ocorrido este ano.

Francisco Vaz Patto integra o conjunto de novos nomes de diplomatas profissionais com o qual Paulo Portas pretende colocar termo aos conhecidos embaixadores políticos.

Até à nomeação, Vaz Patto ocupava, desde 2009, o cargo de Ministro Conselheiro – Coordenador Político na Missão de Portugal junto da Organização das Nações Unidas.

Formado em Direito, com Pós-Graduação em Estudos Europeus, Francisco Vaz Patto ingressou na carreira diplomática em 1990 e esteve colocado em várias Missões e Embaixadas de Portugal no estrangeiro, entre 1995 e 2004 e, em representação junto da NATO em Bruxelas, Alemanha e Angola.

Após o seu regresso a Lisboa em 2004, Vaz Patto foi nomeado assessor do Secretário de Estado da Defesa Nacional, no Ministério da Defesa nacional, e em 2006 foi designado Chefe de Gabinete do Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, no Ministério dos Negócios Estrangeiros, posição que manteve até assumir o cargo que ocupava por ocasião da nomeação.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …