Oliveirense lança “Palavras Sentidas”

… na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital, numa edição do município.

Trata-se de mais uma obra com o patrocínio do Município oliveirense, que tem apoiado a publicação de obras de autores concelhios, apostado que está na promoção e divulgação da literatura local e dos seus autores.

Lucinda Brito nasceu em Oliveira do Hospital, onde frequentou a Escola Primária Feminina e o Colégio Brás Garcia de Mascarenhas, aí concluindo o 5.º ano, aos 15 anos, sempre com bom aproveitamento e bons resultados nos exames.

Em 1967 interrompeu os estudos e começou a trabalhar como escriturária na AGLOMA, que naquela altura dava os primeiros passos como unidade industrial. As primeiras placas experimentais saíram quando era funcionária na firma. Por insistência do seu pai, acabou por prosseguir os estudos, ingressando na Escola do Magistério Primário da Guarda, onde concluiu o curso em 1972, com apenas 20 anos de idade. Nesse ano iniciou a carreira de docente na Escola de Oliveira do Hospital. No ano seguinte foi colocada em S. António do Alva e, durante dois anos, foi monitora da Telescola em Penalva de Alva.

Esteve ainda em Negrelos durante 13 anos, antes de regressar a Oliveira do Hospital, onde exerceu até se aposentar, em 2004. Sempre gostou de Português, de escrever, de ler e de tudo o que se relacionasse com o estudo da Língua Materna.

Desde 2011 que abraçou o desafio de ser aluna na Universidade Sénior Rotary de Oliveira do Hospital, onde é igualmente docente de Manualidades, a título voluntário.

LEIA TAMBÉM

Casas abandonadas. Autor: Renato Nunes

A partir do momento em que a minha avó materna faleceu, já lá vão 22 …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …