Coordenador do centro de saúde de Tábua alerta para consultórios sem lavatórios

Ordem dos Médicos do Centro considera burocracias inaceitáveis

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos considera “inaceitáveis as condições a que os médicos estão sujeitos devido à burocracia que devem cumprir, o que lhes retira tempo importante na relação com os doentes e capacidade de acompanhar plenamente as necessidades concretas de cada utente”.

“A burocratização do sector faz com que os profissionais de saúde sejam continuamente dependentes de múltiplos procedimentos administrativos que têm retirado o tempo necessário a quem quer cuidar dos seus doentes”, denuncia o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes.

Face ao anunciado regresso do ‘Simplex’, programa nacional de modernização administrativa que visa simplificar a relação dos cidadãos com os serviços do Estado, a Ordem dos Médicos do Centro solicitou a opinião aos mais de 8 mil médicos da região. “Vamos reunir todas as propostas e sugestões dos médicos, para que possam identificar problemas e sugerir alternativas, uma vez que são eles quem melhor conhece as necessidades das pessoas numa das áreas mais sensíveis e importantes dos serviços públicos”, sustenta Carlos Cortes.

As propostas e sugestões serão enviadas até dia 20 de Março, prazo preconizado pelos serviços da Presidência do Conselho de Ministros, através do gabinete da Secretária de Estado da Administração e do Emprego Público e do gabinete da Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa.

“Pretendemos participar de uma forma construtiva neste processo, para ajudar a implementar medidas que poderão facilitar a vida de todas as pessoas: os médicos e os seus doentes”, conclui Carlos Cortes.

LEIA TAMBÉM

GNR de Coimbra aposta no combate à sinistralidade com tolerância zero na velocidade

GNR intensifica controlo de velocidade durante o fim-de-semana

A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica, este fim-de-semana, em todo o território nacional, as acções …

Feira de São Mateus em Viseu: secular e auto-sustentável financeiramente

Feira de S. Mateus prepara-se para a 625 edição e os responsáveis garantem que “será sem dúvida o melhor palco desde que temos memória”

A VISEU MARCA anunciou ontem o cartaz principal de palco da edição 625 da Feira …

  • Olho_vivo

    Exemplos dos medicos dos nossos burgos:
    Especialistas de Coimbra que passaram a vir à FAAD: chamam os doentes para consultas que fazem em 2 minutos sem sequer os auscultarem e mandam embora para nova consulta (entretanto foi mais um que o Estado lhe vai ter que pagar sem dar consulta nenhuma) Alternativa: já sabe vai ao consultorio dele paga o belo e é tratado como doente normal.
    Medicos de familia: passam uma vida inteira super cansados pelas noites de serviço esperando que chegue a vez deles de serem chefes ou directores; outros recebem os doentes e o dinheiro nos consultorios particulares em casa e clinicas e depois mandam os doentes/clientes ao Centro de Saude que pelos vistos apenas serve para emitir receitas médicas
    E ainda há aqueles que fazem o serviço todo incluindo vender os medicamentos nas suas farmacias usando as instituiçoes publicas!
    Mas será que ninguém denuncia a realidade? Será que a Ordem dos Medicos não sabe por exemplo o que se passa com alguns médicos em Oliveira do Hospital? Medicos ou melhor Comerciantes porque de medicina não tem nada apenas comercio!
    Vão dar banho ao cão e aos coelhos!