Orquestra Juvenil do CCPOH comemora 11º aniversário com concerto de Natal

A Casa da Cultura César Oliveira, em Oliveira do Hospital, vai ser palco da festa comemorativa dos 11 anos de actividade da Orquestra Juvenil do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH).

Com início às 15h30, o aniversário da orquestra vai ser assinalado com a realização de um concerto de Natal que, também, vai contar com a participação do Grupo de Cavaquinhos da Escola de Música do CCPOH.

Numa avaliação aos 11 anos da Orquestra e aos 20 anos da Escola de Música, a direcção da Orquestra dá conta do trabalho realizado junto de várias centenas de alunos. “Já conseguimos ao longo destes anos incentivar muitos jovens a frequentarem outras escolas de música como os Conservatórios de Coimbra e a Escola Superior de Educação”, observa a direcção da Secção de Música do CCPOH, referindo-se também à presença de muitos jovens nas Tunas e outros grupos musicais nas universidades que frequentam, e em filarmónicas do concelho e fora dele.

Referência ainda para a organização de alguns jovens em grupos musicais de animação de missas, casamentos e participação em festivais da canção. “Ao longo destes 20 anos de ensino e desenvolvimento da música em Oliveira do Hospital, conseguimos ocupar de forma positiva os tempos de lazer de tantos jovens, tão importantes para a sua segurança e desenvolvimento cultural”, acrescenta a direcção, ao mesmo tempo que se revela disponível para “continuar a trabalhar em prol da música na cidade de Oliveira do Hospital”.

Motivo de regozijo para a Escola de Música é também o facto de aquele espaço de ensino se encontrar “repleto de alunos e com lista de espera”.

LEIA TAMBÉM

5 Junho, 1443 – Dia, mês e ano da morte do abandonado infante D. Fernando – O “Infante Santo”. Autor: João Dinis, Jano

O infante D. Fernando, 8º e último filho (legítimo) de D. João I, viveu 41 …

RTP 2 transmitiu ontem documentário sobre a vida de um exilado político filho de Ervedal da Beira

A RTP2 transmitiu ontem o documentário realizado pela professora universitária brasileira Guiomar Ramos “Por parte …