Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Pai atropela filho em Santa Comba Dão

Uma criança de três anos foi atropelada acidentalmente anteontem pelo pai, no pátio de casa, na Póvoa dos Mosqueiros, em Santa Comba Dão, conta o jornal Correio da Manhã. Segundo aquele diário, o pai Pedro Fernandes pretendia estacionar o ligeiro de mercadorias, mas, no momento em que arrancou, o pequeno Tomás Fernandes, que brincava no quintal, correu na sua direcção, sem que o pai se apercebesse, e foi colhido pelo veículo.

“Ninguém deu por nada, apenas ouvimos o Tomás a chorar e fomos ver”, explicou a mãe, Cesaltina Fernandes, de 34 anos. A progenitora está em choque, assim como toda a família. Segundo fonte da GNR, “a criança foi atropelada quando o pai realizava a manobra de marcha atrás”.

O alerta para os bombeiros surgiu através de familiares, pelas 19h52. À chegada dos Voluntários de Santa Comba Dão, a criança encontrava-se em paragem cardiorrespiratória. “Iniciámos, de imediato, as manobras e tentámos tudo durante mais de uma hora, mas, infelizmente, o desfecho foi trágico e a vítima morreu no Hospital de Viseu”, disse Hélder Mota, segundo-comandante. Não era visível qualquer traumatismo na criança e tudo indica que a causa da morte seja a violenta pancada na cabeça.

A população da Póvoa dos Mosqueiros está traumatizada. “Estamos destroçados. Não há palavras que descrevam a dor. Que Deus ajude esta família”, comentou José Mário, 53 anos. Por estes dias realizavam-se as festas de verão, para dar as boas-vindas aos emigrantes, que ontem foram interrompidas. “Estamos de luto e ninguém quer festejar. Morreu uma criança de quem todos gostávamos”, concluiu António Rodrigues.

 

LEIA TAMBÉM

Dois traficantes detidos em Pinhel

O Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel da GNR deteve dois homens, de 28 e …

Governo e PSD assinam acordo sobre descentralização que abre portas à regionalização

Governo vai pedir a universidades estudos para uma organização subnacional do Estado, dando mais poderes …