Os desacatos que, na noite de 20 de Maio, marcaram negativamente o arranque da Semana Académica da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) mereceram, dia 1 de Junho, o desapreço do pároco de Oliveira do Hospital.

Pároco António Borges desapreciou desacatos da serenata da ESTGOH

 Imagem vazia padrãoAntónio Borges – que presidia à bênção do novo infantário da Fundação Aurélio Amaro Diniz – referiu-se ao episódio ocorrido durante a serenata como “terrível” e lamentou que “o nosso tempo esteja a dar quadros destes a toda a hora”.

 

Numa intervenção crítica sobre o carácter das pessoas e as suas condutas, o pároco local foi mais longe e apontou o dedo ao facto de a “cabeça de cartaz do Rock In Rio ter chegado em braços e completamente embriagada”. “Que sociedade é esta em que as pessoas não se indignam, aceitam tudo e até batem palmas”, questionou António Borges, realçando a importância da educação com o argumento de que “da nascente é que sai a água boa ou má”.

 

Numa cerimónia, em que presidia à inauguração de um edifício onde os mais novos dão  os primeiros passos ao nível da aprendizagem e educação, o pároco de Oliveira do Hospital disse esperar que “haja carisma e força interior para levar por diante a tarefa que alguns generosamente apoiaram e construíram”.

 

LEIA TAMBÉM

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …