Imagem vazia padrãoO Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e das Comunicações, Paulo Campos, vai lançar o concurso público internacional do IC 6 entre Catraia dos Poços e o Nó de Tábua já no próximo mês de Novembro. A data concreta não está ainda definida, mas o presidente do Núcleo de Desenvolvimento Empresarial do Interior e Beiras (NDEIB), Fernando Tavares Pereira, disse este sábado aos jornalistas que obteve essa garantia do próprio secretário de Estado, numa reunião que manteve com Paulo Campos, recentemente.

Paulo Campos lança em Novembro concurso público internacional do IC 6 e da nova Variante de Tábua

Tavares Pereira, que convocou a comunicação social para apresentar o estudo recentemente realizado pelo NDEIB e que contempla uma nova solução para o atravessamento do IC 6 no concelho de Oliveira do Hospital fora da Rede Natura 2000 (ver notícia nesta edição on-line), disse ainda que Campos se comprometeu também a lançar no mesmo dia um outro concurso público internacional. Trata-se da nova Variante de Tábua, que ligará o IC 6 ao IP 3 na zona de Santa Comba Dão.

Confessando-se muito optimista quanto à construção da futura rede rodoviária que o Governo está a estudar para a região centro, o presidente do NDEIB disse ainda que o secretário de Estado “ficou muito satisfeito” com a proposta apresentada por aquele núcleo por “não mexer com a Rede Natura 2000”, mas desafiou as câmaras da região – incluindo a de Oliveira do Hospital – e todas as associações a “defenderem esta solução” para “fazer face a outros municípios que não querem este traçado”, uma vez que Viseu, Nelas, Gouveia, Manteigas e Covilhã, por exemplo, defendem outro traçado.

Tavares Pereira, que informou ainda os jornalistas que Paulo Campos aceitou o convite para vir presidir à inauguração oficial do NDEIB – uma cerimónia seguida de um colóquio, que deverá ocorrer no próximo mês –, considerou também que “o NDEIB tem feito um trabalho árduo sobre esta matéria” e adiantou ainda que há já muitas câmaras da região a aderirem à solução proposta por aquele núcleo empresarial.

Sublinhe-se que esta proposta do NDEIB – conforme avançou já o CBS on-line na semana passada – contempla também o IC 37 entre Viseu e Seia a entroncar no IC 6 na zona de Torroselo, enquanto que nas outras soluções em estudo a intercepção daquele itinerário complementar far-se-á sempre entre Seia e Gouveia.

Henrique Barreto

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …