PCP pede a substituição do telhado que contém amianto no Centro de Saúde em Oliveira do Hospital

A Comissão Concelhia do PCP de Oliveira do Hospital aproveitou o dia de hoje, o “Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho” e “Dia Nacional da Prevenção e Segurança no Trabalho”, para reclamar “a urgente substituição da maior parte do telhado do Centro de Saúde, em Oliveira do Hospital, por estar feita em lusalite, material que, como é sabido, contém elevado teor de Amianto na sua composição”. Num comunicado, os comunistas especificam que de toda a cobertura apenas a parte por cima do actual SAP (urgências) já é constituída por outro material que não a lusalite.

“É também sabido que por coincidência – ou provavelmente não ‘apenas’ por coincidência – algumas das trabalhadoras diárias deste Centro de Saúde sofreram e sofrem de doenças cancerígenas, circunstância que também se exige que seja bem esclarecida até por razões humanitárias e também de respeito pelos direitos dessas trabalhadoras”, sublinham, adiantando que o Grupo Parlamentar do PCP questionou o ministro da Saúde “sobre que conhecimento tinha o Ministério da Saúde deste grave problema e que medidas urgentes prevê o Governo tomar para substituir o telhado do Centro de Saúde”. “Ainda se aguarda pela correspondente resposta”, explicam.

Os comunistas oliveirenses lembram também que está “já publicamente anunciada a aprovação, pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e pelo Ministério da Educação, de um projecto que prevê um investimento total superior a um milhão de euros, para a substituição das Coberturas – em Lusalite – do Sede do Agrupamento Escolar, concelhio, na cidade de Oliveira do Hospital”, mas que “por razões mais ou menos burocráticas, que foram descuradas, em torno do registo da titularidade dos edifícios a intervencionar, não avançou já a obra que, agora, deverá ser iniciada durante as Férias ‘Grandes’, no Verão que se avizinham”. “O PCP reclama que Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e o Ministério da Educação não demorem mais tempo para iniciarem e executarem esta obra de substituição de Coberturas em Lusalite – com Amianto – nos edifícios da Sede do Agrupamento Escolar em Oliveira do Hospital”, concluem.

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino sofre nova derrota no confronto na Justiça no caso do empreendimento turístico das Caldas de S. Paulo

José Carlos Alexandrino mostrou-se indisponível para a entrevista agendada para as 12 horas de hoje na Rádio Boa Nova

O ainda presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, mostrou-se indisponível …

Itinerário Complementar “meia dúzia” e “discursos” – 22 de Maio… Autor: João Dinis, Jano.

Era uma vez um município à beira-serra plantado. Bonito. Todos os dias feito por suas …