Como poupar energia e afastar o stress

Pela primeira vez, produção de electricidade renovável em Portugal supera consumo

A produção de electricidade renovável no mês de Março ultrapassou o consumo de Portugal continental, o que é “inédito” e considerado um marco histórico, segundo a Associação Portuguesa de Energias Renováveis e a associação ambientalista Zero. Dados da REN – Redes Energéticas Nacionais indicam que a electricidade de origem renovável produzida em Março foi de 4.812 Gigawtt hora (GWh), ultrapassando o consumo de Portugal Continental, que foi de 4.647 GWh.

“Estes dados, além de assinalarem um marco histórico do sector eléctrico português, demonstram a viabilidade técnica, a segurança e a fiabilidade do sistema eléctrico nacional, com muita electricidade renovável”, referem as duas associações num comunicado hoje divulgado. Em Março, a representatividade das renováveis foi de 103,6 por cento do consumo eléctrico, o que é “inédito nos últimos 40 anos”. O anterior máximo registado tinha ocorrido em Fevereiro de 2014 com uma representatividade de 99,2 por cento.

No último mês, as duas associações destacam um período de 70 horas, com início no dia 9, em que o consumo foi totalmente assegurado por fontes renováveis. Seguiu-se outro período de 69 horas com início a 12 de Março. Contudo, houve alguns períodos em que centrais térmicas fósseis e/ou a importação tiveram de completar o abastecimento das necessidades eléctricas em Portugal, mas isso foi “plenamente contrabalançado por períodos de muito maior produção renovável”.

O comunicado da Zero e da Associação Portuguesa de Energias Renováveis, em termos de recursos energéticos o principal destaque vai para a hídrica e a eólica, que são responsáveis por 55 por cento e 42 por cento das necessidades de consumo, respectivamente.

A produção total mensal de renováveis permitiu também evitar a emissão de 1,8 milhões de toneladas de dióxido de carbono, poupando assim 21 milhões de euros na aquisição de licenças de emissão poluentes. “O registo do mês passado é um exemplo do que se passará a verificar, mais frequentemente, num futuro próximo. Espera-se que até 2040 a produção de electricidade renovável será capaz de garantir, de forma custo eficaz, a totalidade do consumo anual de electricidade de Portugal Continental”, concluiu a nota.

LEIA TAMBÉM

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ deteve 12 pessoas em Coimbra por suspeita de tráfico de droga

A Directoria do Centro da Polícia Judiciária anunciou hoje ter detido, na terça-feira, doze pessoas …