A Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

PJ detém mulher por suspeita da prática de profanação de cadáver junto à aldeia de Linhares

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda deteve uma mulher, de 46 anos, “pela presumível prática de, pelo menos, um crime de profanação de cadáver” numa quinta junto à aldeia de Linhares, Celorico da Beira. Em comunicado, a PJ explica que o cadáver, “que se julga ser de um escocês de 59 anos, foi localizado e exumado na tarde do dia de ontem [quinta-feira], por elementos da PJ da Guarda e do Laboratório de Polícia Cientifica”.

“Concluiu-se assim uma fase da investigação, iniciada com a notícia do desaparecimento da vítima, procurando-se agora apurar as causas da morte”, lê-se na nota da PJ, adiantando que “por determinação da autoridade judiciária, que presidiu às diligências, a detida vai ser sujeita a julgamento em processo sumário”.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Dois detidos por crime de tráfico sexual em Seia

Um homem de 45 anos e uma mulher de 42 foram ontem detidos por suspeita …

Preços dos combustíveis sobem hoje pela oitava semana consecutiva

Os preços dos combustíveis aumentam hoje, sendo esta já a oitava semana de subidas consecutivas. …