PJ deteve 1.665 pessoas num ano: 190 são suspeitos de violarem crianças, 203 presumíveis homicidas

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, durante um ano, 1.665 pessoas, incluindo 203 presumíveis homicidas, 190 violadores e abusadores de crianças e 31 suspeitos por corrupção e fraude fiscal.

Há ainda a registar no balanço da PJ, 105 incendiários, 51 traficantes e detentores de armas de fogo, 356 traficantes de drogas, 16 traficantes de pessoas, 62 indiciados por burla e crime informático e 31 por corrupção e fraude fiscal.

A PJ apreendeu mais de seis toneladas de cocaína e mais de 23 de haxixe, 12 embarcações, 368 viaturas e 630 armas de fogo. Além disso, a arrestaram 595 imóveis, apreenderam 15 milhões de euros e propuseram a suspensão de operações financeiras avaliadas em 58 milhões de euros.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …