Funcionário público detido na região de Viseu por apropriação de objectos apreendidos judicialmente

PJ deteve em Trancoso desempregado por alegada violação de criança

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 34 anos, em Trancoso, no distrito da Guarda, pela alegada prática de crimes de violação e de abuso sexual de crianças mas instalações de uma instituição particular de solidariedade social.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere que, no cumprimento de um mandado judicial, deteve o homem que é tido como o presumível autor de um crime de violação e de um crime de abuso sexual de crianças, ocorridos em Abril, de que foi vítima uma criança do sexo masculino, com 12 anos. Tais abusos terão ocorrido nas instalações de uma instituição particular de solidariedade social “onde ambos eram utentes”.

O detido, desempregado, foi presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação de internamento preventivo em hospital psiquiátrico.

LEIA TAMBÉM

João Dinis acusa CM de Oliveira do Hospital de “negligência continuada” em estrada municipal

O membro da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …