Incêndio

PJ deteve incendiário no concelho de Arganil

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 32 anos, solteiro, pela presumível prática de um crime de incêndio numa galera carregada com mercadoria, ocorrido no dia 30 do mês de Abril no concelho de Arganil. O incêndio causou prejuízos avaliados em, pelo menos, cinquenta mil euros.

“O arguido usou chama directa para atear o incêndio e actuou por razões ainda não apuradas”, refere a PJ, adiantando que o detido foi presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório. O suspeito ficou obrigado a apresentações diárias no posto da entidade policial próxima da sua residência.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital renova voto a João Paulo II

 O “Dia Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital” celebra-se no próximo domingo e, num evento …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) …