PJ deteve suposto incendiário em Mangualde

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração do SEPNA da GNR de Mangualde, deteve um homem, solteiro, pela presumível prática de três crimes de incêndio florestal, ocorridos nos dias 8, 15 e 31 de agosto do corrente ano, no concelho de Mangualde.

“O suspeito, agindo num quadro de revolta e impulsividade, usando um isqueiro, iniciou três focos de incêndio florestal nas referidas datas, causando incêndios que consumiram vários hectares de floresta”, informa PJ em comunicado.

O detido, de 28 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária procedeu já à identificação e detenção de 58 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Mais de uma centena de famílias desalojadas em Oliveira do Hospital aponta o presidente da Câmara

Mais de uma centena de pessoas ficaram desalojadas no concelho de Oliveira do Hospital por …

Incêndio reacende-se na Serra da Malcata, zona do Lince Ibérico

Bebé desaparecido em Tábua foi encontrado morto

O bebé de um mês que estava desaparecido na Quinta da Barroca, concelho de Tábua …