PJ deteve suposto incendiário em Mangualde

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração do SEPNA da GNR de Mangualde, deteve um homem, solteiro, pela presumível prática de três crimes de incêndio florestal, ocorridos nos dias 8, 15 e 31 de agosto do corrente ano, no concelho de Mangualde.

“O suspeito, agindo num quadro de revolta e impulsividade, usando um isqueiro, iniciou três focos de incêndio florestal nas referidas datas, causando incêndios que consumiram vários hectares de floresta”, informa PJ em comunicado.

O detido, de 28 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária procedeu já à identificação e detenção de 58 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Altice reforça investimento na Guarda que garante cobertura de cerca de 70 por cento do concelho com fibra óptica

A Altice Portugal  vai realizar a segunda vaga de investimento no interior do país em …

Homem dispara sobre ex-mulher em Nelas

Um homem, de 39 anos, terá disparado sobre a ex-mulher hoje de manhã sobre a …