PJ deteve suposto incendiário em Mangualde

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração do SEPNA da GNR de Mangualde, deteve um homem, solteiro, pela presumível prática de três crimes de incêndio florestal, ocorridos nos dias 8, 15 e 31 de agosto do corrente ano, no concelho de Mangualde.

“O suspeito, agindo num quadro de revolta e impulsividade, usando um isqueiro, iniciou três focos de incêndio florestal nas referidas datas, causando incêndios que consumiram vários hectares de floresta”, informa PJ em comunicado.

O detido, de 28 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária procedeu já à identificação e detenção de 58 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

PJ deteve em Seia um homem por tentativa de homicídio

O Departamento de Investigação Criminal da Guarda da Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da …