PJ deteve suspeito de distribuir ilegalmente sinal de TV em Oliveira do Hospital

A Polícia Judiciária deteve ontem “em flagrante delito” um comerciante em Oliveira do Hospital suspeito de distribuir ilegalmente sinal de televisão. O homem de 39 anos é “suspeito da prática dos crimes de burla informática, acesso ilegítimo e detenção de dispositivos ilícitos, entre outros”, refere a PJ, numa nota de imprensa.

De acordo com fonte da PJ, o suspeito alegadamente “angariava clientes, que lhe pagavam uma mensalidade e ele difundia o sinal dos diversos canais da operadora”. A actividade já “funcionaria há pelo menos um ano”, sendo que ainda não foram averiguados quantos clientes o suspeito teria.

Na operação da PJ foi identificado “diverso equipamento informático e electrónico ligado, a aceder e a partilhar conteúdos de televisão”, sem que o suspeito tivesse autorização para tal. A investigação levou a buscas na casa e estabelecimento do indivíduo, tendo sido encontrados “aparelhos nos dois espaços”, acrescentou fonte da PJ, salientando que o ‘cardsharing’ (distribuição ilegal de sinal protegido de televisão) “é um fenómeno que tem algum significado”, tendo-se registado “diversos casos” na região.

 

LEIA TAMBÉM

CDU: “Julgamos demasiado sem vergonha utilizar uma inauguração pública para os candidatos de um partido [PS] se promoverem”

O candidato à Assembleia de Freguesia de União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …

João Brito atónito com “campanha eleitoral a favor do PS” por parte da Câmara ao aprovar hoje mais 10 subsídios a instituições

O vereador do PSD João Brito está atónito com aquilo que classifica de falta de …

  • Manuel Nunes

    Seria bom ser identificada a pessoa que foi apanhada para que não houvesse juízos de valor errados. O facto de alguém ter sido “apanhado” não significa que seja condenado já. Têm direito à presunção de inocência.
    Contudo, seria prestado uma informação isenta se fosse identificado o autor.

    • António Lopes

      Pelo que afirma e bem, a pessoa ainda não foi condenada.Tem direito ao bom nome.Identificada como..?