A Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

PJ liberta na Guarda duas vítimas de escravatura em trabalhos agrícolas

A Polícia Judiciária deteve três pessoas suspeitas dos crimes de tráfico de pessoas, sequestro e escravidão, alegadamente cometidos no decorrer dos últimos dois a três anos, na Guarda e em algumas localidades de Espanha.

As duas vítimas “foram acolhidas, mantidas e retidas contra a sua vontade e exploradas em trabalhos agrícolas, sem que alguma vez lhe tivesse sido paga qualquer remuneração. (…) Terão também sido alvo de maus-tratos e agressões físicas por parte dos detidos, dois deles familiares diretos entre si.”, explica a PJ em comunicado.

Os detidos, de idades compreendidas entre os 26 e os 54 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das adequadas medidas de coação.

LEIA TAMBÉM

Burger King une-se à Cruz Vermelha para apoiar vítimas dos incêndios

A BURGER KING e a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) estabeleceram um protocolo com o objectivo …

Câmara de Seia anuncia vários investimentos com aprovação de Orçamento de 24,9 milhões de euros para 2019

Com um crescimento de 11,25% face ao presente ano, sendo mesmo o mais alto nível …