A Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

PJ liberta na Guarda duas vítimas de escravatura em trabalhos agrícolas

A Polícia Judiciária deteve três pessoas suspeitas dos crimes de tráfico de pessoas, sequestro e escravidão, alegadamente cometidos no decorrer dos últimos dois a três anos, na Guarda e em algumas localidades de Espanha.

As duas vítimas “foram acolhidas, mantidas e retidas contra a sua vontade e exploradas em trabalhos agrícolas, sem que alguma vez lhe tivesse sido paga qualquer remuneração. (…) Terão também sido alvo de maus-tratos e agressões físicas por parte dos detidos, dois deles familiares diretos entre si.”, explica a PJ em comunicado.

Os detidos, de idades compreendidas entre os 26 e os 54 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das adequadas medidas de coação.

LEIA TAMBÉM

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) …

GNR de Coimbra aposta no combate à sinistralidade com tolerância zero na velocidade

GNR intensifica controlo de velocidade a partir de amanhã e até domingo

A GNR intensifica a partir de amanhã e até ao próximo domingo, em todo o …