A Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

PJ liberta na Guarda duas vítimas de escravatura em trabalhos agrícolas

A Polícia Judiciária deteve três pessoas suspeitas dos crimes de tráfico de pessoas, sequestro e escravidão, alegadamente cometidos no decorrer dos últimos dois a três anos, na Guarda e em algumas localidades de Espanha.

As duas vítimas “foram acolhidas, mantidas e retidas contra a sua vontade e exploradas em trabalhos agrícolas, sem que alguma vez lhe tivesse sido paga qualquer remuneração. (…) Terão também sido alvo de maus-tratos e agressões físicas por parte dos detidos, dois deles familiares diretos entre si.”, explica a PJ em comunicado.

Os detidos, de idades compreendidas entre os 26 e os 54 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das adequadas medidas de coação.

LEIA TAMBÉM

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …

Funcionário público detido na região de Viseu por apropriação de objectos apreendidos judicialmente

PJ deteve em Trancoso desempregado por alegada violação de criança

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 34 anos, em …