A Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

Polícia Judiciária deteve seis homens pela prática de crimes violentos

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Centro, identificou e deteve seis homens, com idades compreendidas entre os 24 e 41 anos, madeireiros, por suspeita de serem autores de três crimes de sequestro e de outros tantos crimes de homicídio qualificado, cometidos na forma tentada, com recurso a arma de fogo, no passado fim-de-semana.

Os factos ocorreram na sequência de um “ajuste de contas” entre os suspeitos e os ofendidos, tendo as vítimas sido sequestradas e levadas para um local ermo, onde lhe foram infligidas agressões violentas, incluindo disparos de arma de fogo, que colocaram em sério risco as suas vidas. Na investigação que se seguiu, a Directoria do Centro contou com a estreita colaboração da GNR de Cantanhede e do Departamento de Investigação Criminal de Braga da Polícia Judiciária.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medida de coação tidas por adequadas.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …