Polícia Judiciária realiza buscas na Câmara de Pedrógão Grande

Uma dezena de inspectores da Polícia Judiciária chegaram hoje à Câmara Municipal de Pedrógão Grande para efectuar buscas devido às suspeitas de ilegalidade no processo de reconstrução das casas afectadas pelo incêndio do ano passado.

A informação avançada pela TVI24 refere que os cerca de 10 inspectores começaram pela Câmara Municipal de Pedrógão Grande, tendo seguido posteriormente para a Casa da Cultura, local onde funcionava o gabinete criado para gerir a reconstrução das casas na sequência dos incêndios do ano passado. Estas diligências, revela a mesma fonte, estão relacionadas com as alegadas irregularidades cometidas na ajuda à construção das habitações destruídas pelas chamas.

Uma investigação da TVI denunciou que casas de segunda habitação ou mesmo devolutas foram classificadas como sendo de primeira habitação para, assim, serem reconstruídas com o dinheiro destinado a ajudar aqueles que perderam tudo no verão de 2017. O presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, já reagiu a estas notícias, garantindo que não há “ilegalidade nenhuma” e garantiu que não se demite.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Seia anuncia vários investimentos com aprovação de Orçamento de 24,9 milhões de euros para 2019

Com um crescimento de 11,25% face ao presente ano, sendo mesmo o mais alto nível …

Cinco mortos e 18 feridos graves nas estradas portuguesas no período de “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de Outubro e 4 de Novembro, registou …