Pólo da Cordinha ‘estreia-se’ com duas empresas

 

O abandono a que tem está votado o Pólo Industrial da Cordinha parece ter os dias contados. No último sábado, a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital procedeu, junto de duas empresas – Sociedade Alperkan Lda e Sociedade Carlos Alberto Coelho Lda – à assinatura das escrituras de atribuição de dois lotes.

“Acredito que estas empresas vão ter um efeito multiplicador”, afirmou o presidente José Carlos Alexandrino na cerimónia de assinatura de acordos de cooperação, realizada na sede da União Desportiva Vasco da Gama, em Seixo da Beira, considerando que o problema do pólo foi a “falta de arranque”.

Para o autarca, as empresas que, em breve, se vão instalar naquele espaço vão atrair novos investidores e impedir a saída de jovens empresários para concelhos vizinhos. Para além destas empresas, Alexandrino deu ainda conta do interesse já manifestado por outras duas, dando igualmente como certo um investimento por parte do conhecido empresário Fernando Tavares Pereira.

“Aquilo que se está a fazer no Seixo da Beira é uma questão de justiça”

Ainda que de grande importância, a atribuição de lotes foi apenas uma dos pontos que marcou a cerimónia promovida pela autarquia oliveirense sob o lema “Estamos a construir o futuro”.

Naquela que foi a primeira ação do género realizada nas freguesias, José Carlos Alexandrino e o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Batista, procederam à assinatura de vários acordos destinados a dotar a freguesia de melhor “qualidade de vida”.

“Aquilo que se está a fazer no Seixo da Beira é uma questão de justiça”, afirmou o autarca oliveirense reportando-se diretamente para as obras de ligações técnicas de saneamento, construção de ETAR, pavimentação de caminhos, construção de arruamentos e de equipamentos desportivos de apoio e lazer junto do centro escolar da freguesia, nomeadamente a construção de duas piscinas.

Com lugar, ainda para a apresentação do site da freguesia – www.jf-seixodabeira.pt –  e distribuição de subsídios pelas várias colectividades e Junta de Freguesia, a cerimónia contou com a adesão em massa da população local que, nunca antes, tinha assistido ao anúncio de um chorrilho de obras.

Porque quer “prestar contas com as pessoas” que lhe confiaram o seu voto, José Carlos Alexandrino garantiu que semelhante iniciativa vai acontecer em cada uma das freguesias do concelho. “Quero que saibam o que a Câmara Municipal faz em proveito da freguesia”, sublinhou o autarca, realçando que, no caso concreto de Seixo da Beira, há a necessidade de a freguesia “se aproximar em relação às outras, porque estava discriminada”.

“É preciso colocar o Seixo na rota do sucesso”, insistiu Alexandrino, sublinhando que o investimento anunciado “é o maior de sempre na freguesia”.

À população, o presidente revelou-se orgulhoso por poder contribuir para que o Seixo da Beira possa ter a “qualidade de vida” que já existe em várias aldeias e freguesias do concelho.

Destacando a presença do presidente da Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira, José Carlos Alexandrino realçou que o facto de as obras lançadas beneficiarem não só o Seixo da Beira, mas toda a zona da Cordinha e o concelho em geral.

“Hoje, João Dinis fica contente com estas obras, porque esta freguesia faz parte de uma zona estratégica que é a Cordinha”, referiu o autarca, garantindo que “a freguesia dele, como as outras, não ficará para trás”.

Ainda que em maré de boas notícias, José Carlos Alexandrino não deixou de lamentar a ausência de alguns representantes de outros partidos. “Os interesses das freguesias devem-se sobrepor aos interesses políticos”, rematou o autarca.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …