População de Travanca de Lagos quer limitadores de velocidade na estrada que atravessa a localidade

Já subscrito por algumas dezenas de populares, o documento encontra-se em locais públicos da freguesia, onde tem merecido o apreço da população em geral. A opinião é unânime, tendo em conta o excesso de velocidade com que os automobilistas costumam circular naquela via, a Estrada Municipal (EM) nº 502, contígua à Casa da Criança Sarah Beirão, lar de terceira idade e Posto Médico.

À cabeça do abaixo-assinado, que tem como destinatários os presidentes da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e da Junta de Freguesia local, surgem os “pais e mães com filhos a estudar no 1º ciclo de ensino básico e pré-escolar”, aos quais se associam os “demais cidadãos”.

Referem-se em concreto ao “enorme volume de tráfego”, bem como “à falta de civismo” demonstrado “por grande parte dos senhores condutores”, que “circulam a grandes velocidades pondo em perigo constante” a vida de todos os que se vêem obrigados a atravessar a via.

“Vimos suplicar-lhes senhor presidente da Câmara Municipal e senhor Presidente da Junta de Freguesia, que diligenciem urgentemente no sentido de serem colocados limitadores de velocidade naquela via”, sustentam os populares, chegando a propor como solução a colocação de semáforos, lombas, passadeiras ou reforço da sinalização vertical.

Pretende a população de Travanca de Lagos que se evite um acidente grave para que depois “não tenha que se admitir o sentimento de culpa por nada ter sido feito no sentido de se evitar”.

O excesso de velocidade a que circulam os condutores pôde ser, esta tarde, comprovado pelo correiodabeiraserra.com que, numa deslocação ao local, conseguiu percepcionar a dificuldade que um idoso (na imagem) teve ao atravessar a via.

“Isto está cada vez mais perigoso” referiu o popular que, avançado na idade e com grande dificuldade de locomoção, se viu obrigado a largar o pau em que se amparava, para ganhar maior agilidade no momento de passar para o outro lado da EM 502, onde em tempos já ocorreu um acidente que provocou ferimentos numa criança. A situação tende a piorar ao final da tarde, altura em que se acumulam as viaturas estacionadas junto à Casa da Criança Sarah Beirão por força de os pais irem buscar os seus filhos.

Contactado pelo correiodabeiraserra.com, o presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos disse ter conhecimento da acção que está a ser desenvolvida entre a população e que espera resolver o problema a “breve prazo”.

Insistindo que esta é uma matéria que está sob o domínio da Câmara Municipal, António Santos assegurou já ter sensibilizado o presidente da autarquia para o problema que, ele próprio, reconhece dada a inexistência de qualquer limitador de velocidade e até de uma simples passadeira.

LEIA TAMBÉM

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …

LMAN promove “peregrinação” ao Santuário de Nossa senhora das Preces em Vale de Maceira

A Liga de Melhoramentos Desporto e Cultura de Aldeia de Nogueira (LMAN) vai realizar no …