PRAIA FLUVIAL ALVOCO DAS VARZEAS

Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas recomendada a nível internacional

A Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas foi recomendada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) ao Júri Internacional do Programa Bandeira Azul 2015. Para esta decisão, aprovada por unanimidade pelo Júri Nacional do Programa Bandeira Azul, composto por 25 entidades da administração pública e organizações da sociedade civil, contribuíram fundamentalmente a qualidade de informação relativa àquela praia, bem como a evolução segura e de qualidade desta zona balnear ao longo dos dois anos de candidatura ao galardão Bandeira Azul.

Banhada por um dos rios menos poluídos da Europa – o rio Alvôco – a praia fluvial de Alvôco das Várzeas foi a primeira zona balnear do concelho de Oliveira do Hospital a ser distinguida, em 2014, com uma Bandeira Azul, estreando-se assim no mapa das 18 praias fluviais do país que no ano passado ostentaram aquele símbolo de qualidade ambiental atribuído pela ABAE.

A Praia Fluvial de Avô, banhada pelo rio Alva, também renovou, em 2014, o seu estatuto de Praia Acessível – uma distinção que visa galardoar as praias que reúnem um conjunto de condições para serem usufruídas por pessoas com mobilidade condicionada ou reduzida.

As recentes certificações das praias fluviais dos Vales do Alva e do Alvôco, que recentemente passaram a integrar a Rede de Praias Fluviais das Aldeias do Xisto vão, segundo uma nota da autarquia, agora ser contempladas com algumas obras de valorização.

LEIA TAMBÉM

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

  • Estradas dePortugal

    Só falta arranjar a estrada até Alvoco das Varzeas!!!!! Para que vem de Oliviera do Hospital…

    • Ervedalense

      Na reunião com a EP, o autarca oliveirense falou ainda da necessidade de intervenção na EN230, entre Vendas de Galizes e Vide, no concelho de Seia. Uma intervenção que não está nos planos da EP por a construção do IC6 determinar a sua desqualificação, mas que o presidente da Câmara espera que venha a ser contemplada através da utilização das verbas previstas para a requalificação do troço entre Ervedal da Beira e Carregal do Sal, que tem um valor associado de 820 mil Euros, mas que Alexandrino não considera necessária.

      Pode ser que o dinheiro da estrada do Ervedal, dê também para arranjar a estrada de Alvoco.